Em busca da reabilitação, Vila Nova e Crac fecham a 6ª rodada

Arte: Willian Rommel/EG
Anúncios

Buscando se reerguer na tabela, Vila Nova e Crac entram em campo nesta segunda-feira (17), no fechamento da sexta rodada do Campeonato Goiano. O duelo será disputado no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, a partir das 20h30.

Mais do Goianão:
Confira a tabela atualizada!
Atlético vence clássico e aumenta pressão no Goiás
Anapolina vence e entrega lanterna para o Goiânia

O Vila Nova é o nono colocado com 5 pontos conquistados e está fora da zona de classificação às quartas de final. Em cinco partidas, o Tigrão venceu o Grêmio Anápolis, empatou com Anápolis e Goiás, além de ter sido derrotado por Jaraguá e Goiânia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Já o Crac ocupa a oitava posição com 5 pontos e possui um jogo a menos. Em quatro jogos, o Leão do Sul venceu a Anapolina, empatou com Goianésia e Aparecidense, sofreu uma derrota para o Iporá.

As equipes

Pelo lado do Vila Nova, o técnico Ariel Mamede revelou estar com dúvidas na definição do time titular, devido a condição física de alguns atletas. O único desfalque confirmado na equipe colorada é o meia João Pedro, que está no fim da transição do departamento médico para o campo.

O Tigrão tem três atletas pendurados com dois cartões amarelos: Marquinhos, Francesco e Lucas Silva.

Já pelo lado do Crac, o treinador Carlos Rabelo deve fazer apenas uma alteração na equipe que empatou, com a Aparecidense, na última partida.

Ficha técnica:
Vila Nova x Crac
6ª rodada do Campeonato Goiano 2020
Data: 17 de fevereiro de 2020
Horário: 20h30
Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia
Ingressos: Arquibancada – Setor B: R$ 20,00 reais (inteira) e R$ 10,00 reais (meia); Arquibancada – Setor A: R$ 60,00 reais (inteira) e R$ 30,00 reais (meia); Camarotes: R$ 150,00 reais limitado a 250 pessoas.
Árbitro: Jean Carlos Narciso
Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa) e Adriano Mendes
Vila Nova: Fabrício; Cristian, Brunão, Adalberto e Marquinhos (Mário Henrique); Liel, Pedro Bambu e Celsinho (Gilsinho); Talles, Lucas Silva e Dimba (Nando).
Técnico: Ariel Mamede
Crac: Rafael Roballo; Bruno Leite, Renato, Wiilian Goiano e Maninho; Gilberto, Paulinho Santos e Medina; Peixoto, Reginaldo e Thiago Rômulo.
Técnico: Carlos Rabello

Comentários

comentários

PUBLICIDADE