Reação esmeraldina na Série B “não é surpresa” para Gedoz

Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC
Anúncios

Após começo desastroso na Série B, o Goiás finalmente começa a engrenar na competição. Já são seis partida consecutivas sem perder para a equipe comandada por Ney Franco. A última delas foi a vitória por 2 a 1, de virada, diante do Criciúma. Para Felipe Gedoz, meia esmeraldino, a reação do time é fruto de toda delegação do clube.

“Não é surpresa não (o momento), estamos trabalhando forte todo dia. Todo o grupo, não só os jogadores, estão juntos da gente. Todos querem o mesmo objetivo e isso fortalece o time. Também estamos demonstrando dentro de campo. Mas como eu falo, não podemos parar e criar asa, pois o futebol ocorre essa oscilação direto”, afirmou.

Jogadores esmeraldinos comentam vitória diante do Criciúma!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O atleta, que disputou sua segunda partida no time titular após se recuperar de lesão, garante estar melhorando fisicamente a cada dia. Nas palavras de Gedoz, o meia já está “85%” recuperado. Contra o Criciúma, o jogador foi substituído devido a um pisão, mas nada que o faça retornar ao departamento médico.

O próximo desafio do Goiás, atual 10º colocado, é diante do Sampaio Corrêa, 17º na tabela de classificação. A partida será no Castelão, casa do adversário, e vai ocorrer na sexta (20) às 20h30. O meia afirmou não esperar um jogo fácil em Maceió.

“Vai ser um jogo difícil, até pelo clima quente, mas não tem desculpas. Não podemos ser um time pacato e escondido apenas por atuar fora de casa. Vamos da mesma maneira que estamos jogando e propor o jogo. Iremos de cabeça erguida para fazer uma boa partida”, disse Gedoz

Comentários

comentários

PUBLICIDADE