Com Michael em noite inspirada, Goiás vence o Criciúma no Olímpico

Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC
Anúncios

Na noite desta sexta, 13, o Goiás recebeu o Criciúma no estádio Olímpico, e venceu pelo placar de 2 a 1, partida válida pela 15ª rodada do Brasileiro da Série B. Os gols do Verde foram marcados por Giovanni e Michael. Para o Tigre, Vitor Feijão anotou.

Com o resultado, o esmeraldino goiano fica em 10º lugar na classificação geral, 21 pontos ganhos. Também embala três triunfos seguidos, seis partidas sem perder. Já o Tricolor é 19º, 13 pontos conquistados. Na próxima rodada, sexta, 20, o Goiás encara o Sampaio Corrêa, às 20h30, no Castelão. No mesmo dia, o Criciúma recebe no Heriberto Hülse o Londrina, às 19h15.

Goiás não inicia bem, mas busca o empate no primeiro tempo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O GEC começou com um sistema bem defensivo, pouco atacando. O Tricolor gostou da partida e dominou os primeiros minutos. A primeira oportunidade foi aos 5 minutos, com os visitantes. Após escanteio cobrado, Liel cabeceou com perigo sobre o gol de Marcos. O Verde seguiu errando o último passe e não conseguia finalizar para o gol.

Confira como foi em tempo real!

Criou uma chance mesmo já era 17 minutos, em que David Duarte dominou na área e mandou de bicicleta assustando o goleiro Luiz. Recuado, o alviverde viu o Tricolor abrir o placar no Olímpico. Aos 28, após cruzamento de Sueliton, Vitor Feijão chutou forte, Marcos defendeu e, no rebote, ele não perdoou. 1 a 0 Tigre. O resultado parecia definido na primeira etapa, o Goiás não conseguia entrar na área adversária.

Só que aos 34, Giovanni, de longe, surpreendeu, mandou forte no canto direito de Luiz e deixou tudo igual. 1 a 1. O panorama do jogo mudou, a torcida empolgou e o esmeraldino foi para cima. Por pouco não fez o segundo aos 40 minutos. Gedoz fez boa jogada pelo meio e quase acertou o ângulo direito de Luiz. Seria um golaço. Antes do término da etapa inicial, numa jogada em velocidade pela direita, Elvis recebeu passe e, na entrada da área, furou e perdeu boa chance de colocar o Criciúma de novo na frente do marcador.

Michael brilha e garante a vitória alviverde

Os visitantes iniciaram o segundo tempo pressionando. Adiantaram a marcação e, aos 5 minutos, levaram perigo. Luiz Fernando recebeu dentro da área e isolou perdendo grande chance. O Tricolor tentou diminuir o ritmo do Verde, mas o atacante Michael começou a explorar a velocidade, dar belos dribles e levantou o torcedor no Olímpico.

O alviverde foi para cima, numa boa jogada aos 15, faltou capricho. Após cruzamento na área, Lucão cabeceou e mandou à esquerda de Luiz, que olhou atento. Mas na sequência, aos 17, Michael foi letal. O atacante foi lançado dentro da área e, sozinho, mandou por baixo de Luiz. 2 a 1 Verde. Era tudo que o esmeraldino queria. Com o apoio da arquibancada, quase fez o terceiro tento.

Aos 20, Maranhão cruzou, Luiz soltou a bola e Lucão desviou e quase anotou. Fabio ainda interceptou. Sem muito poder ofensivo, com Vitor Feijão isolado na frente, o Tricolor teve uma boa chance aos 29 minutos, que Marcos espalmou um chute forte. A última oportunidade de gol foi aos 32, quando Lucão recebeu sozinho na esquerda, Michael pedia na direita, o jogador tentou levantar mas não pegou bem e Luiz defendeu.

A partir daí, o Goiás começou a administrar a partida, o atacante Michael, que teve bela atuação, foi substituído e a equipe se resguardou. O Criciúma não teve mais forças para finalizar e terminou assim: 2 a 1 para o GEC.

Ficha técnica:
Goiás 2×1 Criciúma
15ª rodada da Série B
Data: 13 de julho de 2018
Horário: 20h30
Local: Estádio Olímpico, em Goiânia/GO
Público pagante: 8.746
Público total: 9.973
Não pagante: 1.227
Renda: R$ 87.250,00
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa-MG
Assistentes: Ricardo Junio de Souza-MG e Magno Arantes Lira-MG
Cartões amarelos: Ernandes e Renato Cajá (GEC); Vitor Feijão (CRI)
Gols: Giovanni 34′ 1T e Michael 17′ 2T (GEC); Vitor Feijão 28′ 1T (CRI)
Goiás: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos, David Duarte e Ernandes; Gilberto, Giovanni e Renato Cajá (João Afonso); Michael (Felipe Garcia), Lucão e Felipe Gedoz (Maranhão).
Técnico: Ney Franco
Criciúma: Luiz; Sueliton (Ralph), Nino, Fabio Ferreira e Artur; Liel, Eduardo, Luiz Fernando (Kalil), Marlon Freitas e Elvis (Alex Maranhão); Vitor Feijão.
Técnico: Mazola Júnior

Comentários

comentários

PUBLICIDADE