5.6 C
New York
terça-feira, outubro 26, 2021
Início Mais Esportes Futebol Americano Agora na CBFA, Marcelo Taveira espera contribuir para o crescimento do Futebol...

Agora na CBFA, Marcelo Taveira espera contribuir para o crescimento do Futebol Americano em Goiás

O goiano Marcelo Taveira, presidente do Goiânia Saints FA, será o Diretor Executivo da Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA) pelos próximos quatro anos. Em entrevista exclusiva ao EG, Taveira nos contou como surgiu o convite da CBFA para ser Diretor Executivo.

 

“Eu já conhecia a Cris Kaji (Cristiane Kajiwara – Presidente da CBFA) há algum tempo através das redes sociais, via o trabalho que ela desempenhava em São Paulo e já a admirava. No ano passado foi realizado um Combine da Echelon Sports em Brasília, ela veio prestigiar o evento e trabalhar na organização também, foi onde a conheci pessoalmente e me aproximei dela.

- Anúncio -

Nesse mesmo evento, conheci pessoalmente também o Thiago Martins, conhecido no nosso cenário como “PH” e me aproximei dele, estabelecemos uma boa amizade. Quando a Cris estava procurando pessoas de confiança para montar a nova chapa, ele a lembrou do meu nome e foi daí que surgiu o convite para ser o Diretor Executivo dessa nova Gestão”.

Mais do futebol americano:
Rednecks fecha com técnico norte-americano para a temporada de 2021

Foto: Luiza Xavier

Com passagens como atleta pelo Vila Nova Tigres e Goiânia Madkings, Marcelo Taveira foi fundador do Goiânia Saints.

O profissional que é um dos grandes expoentes do Futebol Americano, em Goiás, espera que a  sua ida para a CBFA possa contribuir para a evolução da modalidade na região Centro-Oeste.

“Eu fiquei muito feliz pelo convite da Cris Kaji, pois veio como um reconhecimento por um trabalho que eu faço pelas equipes aqui em Goiânia desde 2014. Acredito que ter um representante de Goiás na Confederação pode despertar um lado mais ativo nos atletas aqui da região, e como Diretor Executivo, quero trabalhar para que nosso Estado seja reconhecido pelo país todo, para que nossos atletas tenham chances de serem vistos também nas seleções brasileiras, tanto do fullpad quanto do flag”, declarou.

De acordo com o Diretor Executivo, a Confederação pretende auxiliar os Estados que não possuem Federações Estaduais para que se organizem e se estruturem, como por exemplo Goiás que ainda não possui federação própria, para que possam crescer e se desenvolver com o suporte ainda que mínimo dos governantes.

Foto: Divulgação CBFA

Desde junho de 2017, a CBFA sofreu com a renuncia de três gestões: Guto Sousa; Rogério Pimentel e Ítalo Mingoni. Diante desse cenário, Marcelo Taveira afirma que “a CBFA pouco fez pelo esporte até hoje, se olhar o retrospecto das gestões, nenhuma delas terminou a gestão completamente, deixando a desejar”.

Sendo assim, para o Diretor Executivo os maiores desafios da nova gestão passam pela organização da casa, enxergando os buracos, as dívidas e também os créditos que a Confederação tem, para que seja possível dar andamento aos projetos.

“Além da organização da casa, nessa nova gestão nós precisaremos fomentar o esporte em um mundo de pandemia e pós-pandemia, o que sem dúvida não será nada fácil. Com isso nós pretendemos fortalecer o Flag Football, que é uma modalidade que participará dos Jogos Mundiais de 2022, possui campeonato mundial para ser realizado no fim deste ano e é uma excelente porta de entrada para o esporte, já que é uma modalidade derivada do futebol americano onde não há equipamento e não há colisão entre os atletas”, pontua.

Além disso, a CBFA pretende fortalecer e fomentar as seleções, em especial a de base (Sub-20), para disputar competições e elevar o nível do esporte aqui praticado, além do masculino adulto e também da seleção feminina fullpads. De acordo com Taveira, está em pauta a possibilidade da Confederação realizar seu próprio campeonato nacional, que hoje encontra-se sob gestão da BFA.

Foto: Acervo Pessoal Entrevistado

Futuro no Goiânia Saints

Marcelo Taveira está em seu segundo mandato na presidência do Goiânia Saints, cargo que assumiu em 2018.

Taveira revelou ao EG que continuará na presidência do Saints, pelo menos até o fim do segundo mandato, que se encerrará no final de 2021. 

“De toda maneira, não há incompatibilidade nem moral, nem legal para que eu exerça os dois cargos, então se for possível conciliar os dois, pretendo continuar conciliando e ajudando o esporte em todas as frentes que eu conseguir”, concluiu.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Ildeu Iussef
Jornalista em formação (UFG). Produtor dos Programas Esportivos da Rádio Universitária UFG 870 AM. Amante do Esporte!
Anúncio

Últimas

Goiânia recebe Campeonato Brasileiro de Basquete em Cadeira de Rodas

Entre 31 de outubro e 5 de novembro, Goiânia recebe o Campeonato Brasileiro de Basquete em Cadeira de Rodas. O evento acontece...

3º Camping de Taekwondo será realizado no final de semana em Aparecida de Goiânia

A Federação Goiana de Taekwondo (FGTDK) realiza no fim de semana (30 e 31) o 3º Camping de Taekwondo. O evento será...

Após terceira derrota, América de Morrinhos demite técnico Dário Lourenço

O América de Morrinhos anunciou a saída do técnico Dário Lourenço na tarde desta terça-feira (26). O experiente treinador deixa o clube...

Ex-Vila Nova e Iporá, Anderson Cavalo vai disputar a Divisão de Acesso

O atacante, Anderson Cavalo, de 35 anos, irá disputar a divisão de acesso pelo Morrinhos. A equipe acertou a contratação do atleta...

Goiânia Rednecks anuncia Isaiah Piérre como reforço para 2021

O Goiânia Rednecks anunciou nos últimos dias a contratação de mais um estrangeiro. Trata-se de Isaiah Piérre, que jogou pelo Mustangs, San...
Anúncio