Vila Nova e Goiás empatam clássico e perdem 100% no sub-20

Foto: Ítalo Ramalho/Especial para EG
Anúncios

Vila Nova e Goiás ficaram empatados no clássico da 4ª rodada da Copa Goiás sub-20, disputado na tarde desta terça-feira (10), no Onésio Brasileiro Alvarenga. Em um duelo equilibrado e pegado, os rivais ficaram no 1 a 1.

O resultado tira o 100% de aproveitamento de ambos, mas mantém a invencibilidade das duas equipes. O Tigre segue líder do grupo B, com 10 pontos. O Verdão pode perder a ponta da chave A para o Atlético, que visita o Rio Verde nesta quarta-feira (11). O time alviverde volta a atuar na sexta-feira (13), contra o Olímpio. Os colorados têm o clássico com o Atlético no sábado, às 9h.

Mais da base
Veja como foi o clássico
Confira a tabela completa

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O jogo

As equipes fizeram um jogo igual no OBA. O Vila tomou mais a iniciativa no início, mas o Goiás atuou com inteligência e era perigoso em seus lances. O melhor lance colorado foi de Pará, que obrigou o goleiro Luis Felype a fazer ótima defesa e evitar um gol cara a cara. Aos 27, Guilherme chegou a abrir o placar para o Verdão, mas o gol foi anulado. No fim do primeiro tempo, Vanderley, debaixo das traves, desperdiçou chance incrível de marcar para os visitantes.

Na etapa final, o Goiás marcou primeiro. Depois de Cristhian desperdiçar para o Tigre, Vinícius Lopes não bobeou e anotou aos 20 minutos. após passe de José Vitor. Foi aí que entrou em cena Higor Pará. O atacante vilanovense perdeu um gol aos 35, mas aos 40 ele não bobeou e cobrou falta com perfeição para selar a igualdade no clássico.

Ficha Técnica
Vila Nova 1 x 1 Goiás – 4ª rodada da Copa Goiás sub-20
Data: 10 de setembro de 2019
Horário: 15h30
Local: Onésio Brasileiro Alvarenga; Goiânia, GO

Amarelos: Filipe Trindade, Henrique Oliveira (GOI); Bruninho, Dudu (VNO)
Gols: Vinícius Lopes, aos 20’2T (GOI); Pará, aos 3

Vila Nova: Hélio; Bruninho, Matheus Barbosa, Otávio Franchini (Thiago) e Kássio Levir; Dudu, Caique Palito, Gustavo Belusci e Rui Charlisson (Richard); Cristhian Santos (Léo) e Pará.
Técnico: Marcelo Gaúcho.

Goiás: Luis Felype; Lucas Lima, Vanderley, Taylon e Rodrigues; Henrique Oliveira, Guilherme Gomes (Afonsinho), Filipe Trindade e Flávio; Vinícius Lopes e Felipe Freitas (José Victor).
Técnico: Augusto César.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE