Título antecipado na Naked, disputas acirradas e reviravolta na tabela: a 5ª etapa do Goiás Superbike

(Foto: Randes Nunes)
Anúncios

O domingo reservou fortes emoções (e muito calor) para quem compareceu ao Autódromo de Goiânia. A 5ª (e penúltima) etapa do Goiás Superbike teve disputas intensas, definições no fim e a primeira categoria definida.

Gosta de velocidade? Clique aqui!

Salvador Amaral garantiu a conquista na categoria Naked de forma antecipada. O piloto, que é lutador de MMA e youtuber, cruzou a linha de chegada em primeiro. No entanto, foi punido com o acréscimo de 30 segundos por ter ido à pista com os pneus invertidos, terminando na segunda colocação. O triunfo ficou com Régis Nogueira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nas 150cc, Matheus Barbosa venceu, seguido por Wylkson Ribeiro (novo líder geral, com 93 pontos) e Wender Chaves (caiu para segundo na classificação, com 92). Na 300cc master, os dois melhores na tabela repetiram as colocações na prova de hoje. Josué Ferreira ganhou e Waldinei Chaves terminou em segundo. Na SBK Light, Vitor Reis venceu, seguido por Romes Franco e Rivaldo Nunes.

Tripleta

(Foto: Randes Nunes)

Na 300cc, mais uma vez, Indiana Muñoz, que largou em 5º, levou a melhor. Pela terceira prova seguida, Indy, como é conhecida, terminou na primeira posição, dessa vez, assumiu a liderança na penúltima volta, após erro de Bruno César no “S”. Perdeu a ponta não apenas na corrida, mas também no campeonato. A vitória foi ainda mais especial para Indy, que usa a cor rosa nos seus trajes e equipamentos, por conta do Goiás Superbike ter abraçado a campanha “outubro rosa”. Indiana chega aos 89 pontos, na primeira colocação geral. Bruno aparece logo em seguida, com 88, e Rafael Rosa está com 79, no terceiro lugar.

Quem também ganhou pela terceira prova consecutiva foi Michel Velludo. O paulista ganhou de ponta a ponta, com muita tranquilidade nas 600cc. De quebra, diminuiu a diferença para o líder do campeonato, Ricardo Juliani para 14 pontos: 98 a 112.

Na principal categoria, a SBK Pró, o pole (e então líder geral) Edson Morales abandonou após a moto superaquecer. Os três primeiros foram Ian Lucas Testa, Juninho Trudes e Rodrigo Martins. O novo líder da tabela é Ian, com 102 pontos. Trudes e Morales dividem a vice-liderança, com 88 pontos.

Neste domingo também houve uma disputa a mais: a SBK Pró Especial, criada para os pilotos que vão participar do brasileiro na próxima semana, em Goiânia. Alex Barros, maior piloto da história da motovelocidade do país, abandonou na quinta volta após o rolamento da roda traseira quebrar. Danilo Leulis venceu.

A 6ª etapa do Goiás Superbike acontecerá nos dias 8 e 9 de dezembro. As provas definirão os campeões das seis categorias (lembrando que a Naked está decidida).

Comentários

comentários

PUBLICIDADE