Rio Verde busca empate diante da Anapolina, que entra no G-4

Foto: Geração do Esporte
Anúncios

O resultado não foi o ideal para nenhuma das equipes. Assim pode ser definido o 2 x 2 entre Rio Verde e Anapolina, na tarde deste domingo, no Mozart Veloso do Carmo. Enquanto os mandantes estão praticamente rebaixados e dependem de uma improvável combinação de resultados nas duas próximas rodadas, a Rubra entrou no G-4, mas viu a concorrência aumentar na briga pela classificação.

Clique e veja a tabela completa

O Verdão do Sudoeste segue na lanterna, agora com 7 pontos, três a menos que o Anápolis, primeiro time fora da zona. A Xata chega aos 19 pontos e entra no G-4. Ultrapassou o Grêmio Anápolis no saldo de gols: +4 contra -1.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A equipe alviverde folga na próxima rodada e só volta a campo diante do Goiás, no dia 21, em Goiânia. Já a Anapolina encerra sua participação na primeira fase contra o Atlético, às 17h do próximo domingo, 18, no Jonas Duarte.

Primeira etapa verde

Precisando desesperadamente voltar a vencer, o Rio Verde começou melhor. Se aproveitando da desatenção e dos vacilos defensivos da Rubra, quase marcou em duas tentativas de Lucas Cassiano. Logo no primeiro minuto, chegou a driblar Rodrigo Calaça, mas adiantou muito e saiu com bola e tudo.

O domínio alviverde se transformou em vantagem no placar aos 28 minutos. Klayton Maranhão cobrou escanteio da direita e, após desvio na primeira trave, a bola ficou na medida para Saulo completar para o fundo das redes: 1 x 0. Na reta final do primeiro tempo, a Xata ainda chegou em finalizações de fora da área de Robson e Esquerdinha.

Segundo tempo emocionante

A Anapolina voltou mais ligada para o segundo tempo. E chegou ao empate aos 9, quando Robson cruzou na área e Preto, que entrara no lugar de Jacó, dividiu com Anderson na área e marcou. Aos 13, Marquinhos cruzou e Robson apareceu livre nas costas da marcação para virar o jogo: Xata 2 x 1.

Precisando de gols, o treinador Gustavo Ferreira promoveu mudanças na equipe. E surtiram efeito a partir dos 32, quando Saulo aproveitou cochilo da zaga colorada e foi derrubado por Calaça na área. Na cobrança, o atacante bateu bem e deixou tudo igual: 2 x 2.

Nos minutos finais, o confronto ficou completamente aberto, com os dois times buscando o terceiro gol. Aos 45, Vitor Xavier recebeu na área, na marca do pênalti, mas demorou a finalizar e acabou desarmado. No minuto seguinte, Guilherme acertou a trave alviverde. No último lance, Bruno avançou com liberdade e bateu na saída de Rodrigo Calaça, que conseguiu desviar e evitar o triunfo dos mandantes.

Ficha técnica:
Rio Verde 2 x 2 Anapolina
13ª rodada do Goianão
Data: 11 de março de 2018
Horário: 16h
Local: Estádio Mozart Veloso do Carmo, em Rio Verde
Árbitro: Roberto Giovanny
Assistentes: Márcio Soares e Marco Aurélio Dantas
Cartões amarelos: Cláudio e Piá (Rio Verde); Vitor Xavier (Xata)
Gols: Saulo (RVE) aos 28′ 1T (1-0); Preto (ANA) aos 9′ 2T (1-1), Robson (ANA) aos 13′ 2T (1-2) e Saulo (RVE) aos 33′ 2T (2-2).
Rio Verde: Felipe Aleluia; Rangel, Anderson, Felipe Piá e Pirão; Madson (Marcelo Cabral), Cláudio (Jefferson LaPaz), Bruno e Klayton Maranhão; Saulo e Lucas Cassiano (Matheus Alves).
Técnico: Gustavo Ferreira
Anapolina: Rodrigo Calaça; Felipe Tavares, Jonas, Garutti e Marquinhos; Bruno Henrique, Milton Júnior, Vitor Xavier e Esquerdinha; Robson (Guilherme) e Jacó (Preto).
Técnico: Vilson Taddei

Comentários

comentários

PUBLICIDADE