No Prêmio Brasileirão, Wilton Sampaio é escolhido o melhor árbitro e Michael é a revelação

Arte: Matheus Alves/EG
Anúncios

A premiação dos melhores do Brasileirão, organizada pela CBF, aconteceu na noite desta segunda-feira. E o estado de Goiás foi representado na disputa. Se Arrascaeta venceu com o gol mais bonito e Bruno Henrique como craque da Série A, Michael, do Goiás, é a revelação do torneio, assim como aconteceu no Bola de Prata da ESPN. Além disso, Wilton Pereira Sampaio (FIFA), goiano, foi eleito o melhor árbitro do Campeonato Brasileiro. Fabrício Vilarinho, também da FGF, foi eleito o melhor auxiliar número 2 da disputa.

Michael foi o grande destaque do Verdão na Série A. Com nove gols e cinco assistências, o atacante chamou a atenção por suas jogadas plásticas e dribles desconcertantes. Ao todo, o “robozinho esmeraldino” executou 99 dribles diante dos seus adversários. O Corinthians já está de olho em seu futebol para 2020.

Por sua vez, Wilton Pereira Sampaio caiu na graça dos críticos de arbitragem. O goiano, que foi árbitro de vídeo na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, foi eleito o melhor árbitro de todo o campeonato na primeira edição com o VAR. Inclusive, o goiano foi ao mundial como árbitro de vídeo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais cedo, os comentaristas e ex-juízes de futebol PC de Oliveira, Sandro Meira Ricci e Sálvio Spinola haviam elegido Wilton como o melhor árbitro do Brasileiro ao longo do Seleção SporTV. Vilarinho fez companhia ao paranaense Bruno Boschilia como melhor auxiliar, o famoso bandeirinha.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE