5.6 C
New York
quarta-feira, novembro 25, 2020
Início Futebol Atlético Questionado sobre chances a Matheuzinho, Adson Batista rebate: "Não é o salvador...

Questionado sobre chances a Matheuzinho, Adson Batista rebate: “Não é o salvador da pátria e não merece ser titular”


O presidente do Atlético Goianiense, Adson Batista, rebateu a ideia da valorização de Matheuzinho por parte da torcida do Dragão. O jogador é bem querido pelos torcedores atleticanos que sempre questionam o motivo do atleta não ganhar chances no time titular.

 

Após a derrota para o Internacional, por 2×1, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, no Olímpico, Adson explicou a situação. Segundo o presidente, a maneira como ver o futebol, de quem está fora do time, é diferente daqueles que estão no dia a dia do clube. Para ele Matheuzinho é um jogador que “não mereceu ser titular até agora.”

Mais do Dragão:
-> Atlético-GO é superado pelo Internacional e sai atrás nas oitavas da Copa do Brasil

– Eu discordo que ele vem jogando bem. A imprensa vê o futebol por um ângulo e eu vejo por outro. A maneira como vocês enxergam o futebol é bem diferente de como nós enxergamos. Eu nunca cheguei para ninguém falando para escalar A ou B, acho que o Matheuzinho não é o salvador da pátria, nunca foi, se vocês acham isso estão errados. É um jogador que alterna,  que tem definição sim, mas fazer gol não quer dizer que é o melhor em campo.

Matheuzinho sempre vem entrando no decorrer das partidas, sendo opção no banco de reservas. O jogador nessa Série A, balançou as redes uma vez, na partida contra o Bragantino, marcando o gol que garantiu a vitória do Atlético naquela oportunidade por 2×1. 

Mesmo tendo opções para ser escalado na sua posição de origem, o comando técnico do clube rubro-negro opta por improvisar jogadores. Tal fato vem sendo bem questionado por parte da torcida, mas que segundo o presidente Adson ainda não é hora de oferecer a ele uma vaga no time principal

– Ele não mereceu ser titular até agora, mas eu não vou criar nenhuma polêmica aqui, porque a imprensa goiana quando o você perde nada presta e o mundo acabou. Vou ser sempre sério e todos os jogadores tem igualdade de posição, o treinador tem autonomia para poder escalar. 

Após ser derrotado pelo Internacional na Copa do Brasil, o Atlético Goianiense se prepara para encarar o Coritiba, no sábado (31), às 19h, no Couto Pereira, pela Série A do Brasileiro. 

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube
Willian Rommel
Jornalista formado na UFG. Pós graduado em jornalismo esportivo pela faculdade Estácio. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, na Rádio Difusora 640 AM, Bandeirantes Goiânia, Diário de Goiás e na TV UFG. Atualmente é Repórter do site Esporte Goiano.
Anúncio

Últimas

Armador reconhece superioridade do Vultures, mas diz que Vila pode igualar rival

O armador Julius Oberdan, do Vila Nova/AEGB, afirmou que os colorados já esperavam um embate complicado com o Vultures durante o Campeonato...

Ex-Goiás é anunciado pelo Colo Colo, do Chile

O ex-jogador do Goiás, Ignacio Jara, tem uma nova casa para o restante da temporada: é o Colo-Colo, equipe da principal divisão...

Veja como ficou o novo Antônio Accioly, após as reformas para a Série A

As obras de reforma do estádio Antônio Accioly estão finalizadas e, com todos os laudos em mãos, o Atlético Goianiense poderá utilizar...

Em fim de contrato, quatro jogadores deixarão o Goiás em dezembro

A temporada de 2020 só terminará em fevereiro de 2021, mas alguns contratos de jogadores chegarão ao fim em dezembro e não...

Presidente atribui crescimento do Goiânia à chegada de Edson Jr. e reforça sonho do acesso

Quando Edson Jr. chegou à Vila Olímpica para comandar o Goiânia, substituindo o demitido Finazzi, o Galo estava em maus lençóis na...
Anúncio