Lucas Rocha minimiza oscilação do Fortaleza e mira pontos fora

Foto: Willian Rommel/Esporte Goiano
Anúncios

Até o início de junho, o Fortaleza era o grande bicho-papão da Série B. O Tricolor cearense conseguiu um início fulminante e abriu grande vantagem na liderança da competição. Nos últimos seis jogos, contudo, foram apenas duas vitórias, e o time nordestino viu os rivais se aproximarem. Seria este então o melhor momento para enfrentar o melhor time do campeonato até aqui? Para o zagueiro Lucas Rocha, apesar da oscilação, a dificuldade da partida não diminui.

– Apesar do momento deles, acredito que vai ser um jogo muito difícil. Eles não construíram essa liderança à toa. É um time bem compactado e bem treinado pelo Rogério (Ceni). No campeonato não tema adversário fraco. Sabemos que será um jogo complicado. Vamos tentar pontuar lá fora, mas temos que entrar bem concentrados na partida – analisou o defensor.

Mais: Tencati diz que Atlético se aproxima de equilíbrio entre defesa e ataque

Depois de encarar o Fortaleza no sábado (14), o Dragão viaja para Florianópolis onde encara o Avaí. Após o duelo em Santa Catarina, o time retorna a Goiânia para enfrentar o CSA. Todos os três jogos são confrontos diretos para o Rubro-Negro na briga por uma vaga no G-4. Pensando nessa sequência dura, Lucas Rocha ressalta a necessidade de conquistar pontos fora de casa, mesmo com confrontos complicados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

– Temos que enfrentar esses jogos como se fossem de fundamental importância para nós. Vamos pegar duas equipes que estão à nossa frente. Se conseguirmos fazer pontos fora, será importante. Temos que ter calma durante a partida, pois serão dois jogos muito difíceis. Se pontuarmos fora, será bom para a nossa sequência, pois temos três confrontos diretos contra adversários que estão à nossa frente – comentou.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE