Goiânia recebe torneio internacional de tênis em cadeira de rodas

Foto: Ítalo Ramalho/Esporte Goiano
Anúncios

Entre os dias 13 e 16 de dezembro a capital de Goiás será sede do Goiânia Open, Torneio Internacional de Tênis em Cadeira de Rodas. A competição, que tem a chancela da Federação Internacional de Tênis (ITF) e da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), é de graduação Future tem 40 inscritos e os jogos serão realizados no Clube de Engenharia, com possibilidades de partidas nas academias Tennis Life e Go Winner.

O torneio em piso de saibro, que conta pontos para o ranking mundial de tênis em cadeira de rodas, será disputado em quatro categorias: Open, Quad, Feminino e Júnior. As duas primeiras se referem à disputa no masculino, divididas pela classificação funcional dos participantes, em que os atletas da Quad possuem mais restrições de movimento.

Atletas do Estado se destacaram na Semana Guga Kuerten!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Goiânia Open terá a participação dos principais atletas do país na modalidade, como o mineiro Daniel Rodrigues, número um do Brasil e 23 do mundo no ranking de simples na categoria open. O chileno Pablo Arraya, número 24 do mundo na categoria Quad, é um estrangeiro com participação confirmada no torneio.

Entre os goianos, o destaque fica por conta de Augusto Fernandes. Número dois do Brasil e 36 do mundo no ranking de simples da categoria Quad, o atleta goiano de 45 anos tem chances reais de atingir pontuação para disputar as Paralimpíadas de Tóquio, em 2020. Augusto é um dos principais nomes da competição e um dos responsáveis pela realização do evento em Goiânia.

– Tive a experiência de trabalhar no planejamento de acessibilidade dos jogos paraolímpicos do Rio de Janeiro e agora meu objetivo é ir para Tóquio para competir, como atleta. Fico feliz em ter contribuído para trazer esse torneio para Goiânia. Espero que possamos receber bem os competidores e que os goianos tenham bom desempenho – declarou.

Jovem venceu torneio no Paraguai. Confira!

Outro goiano de destaque na competição é Bruno Makey, de 29 anos. Número cinco do Brasil e 133 do mundo na categoria Open, o jogador também mira uma vaga nas Paralimpíadas de Tóquio. Felipe Ferreira e José Wesley, que participaram regularmente de competições nacionais em 2018, também chegam com força à competição.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE