Fegotarco suspende atividades até o fim de março

Foto: Willian Rommel/EG
Anúncios

A Federação Goiana de Tiro com Arco (Fegotarco) em nota divulgada, na tarde desta terça-feira (17) informou a suspensão de todas as atividade até o dia 30 de março, com o intuito de conter a proliferação do COVID-19, coronavírus.

O calendário da Fegotarco não previa nenhum campeonato a nível estadual, porém a World Archery suspendeu o Parapan-Americano de Tiro com Arco, competição na qual três atletas goianos: Andrey Muniz, Hélcio Perillo e Jane Karla participariam representando o Brasil na disputa por uma vaga em Tóquio.

Mais dos Esportes Olímpicos:
Federação Goiana de Handebol adia 1ª fase do Estadual devido ao coronavírus
FGFS suspende atividades e competições devido ao coronavírus
JUGs 2020 marcará estreia do Cheerleading

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em entrevista ao Esporte Goiano, o presidente da Fegotarco, Thyago Tonetto, comentou a respeito do adiamento do Parapan em Monterrey, no México.

“Por mais que os atletas goianos estivessem preparados e empenhados no foco de conquistar as vagas, a consciência do risco fez com que a equipe aceitasse o adiamento. Não ficaram felizes, mas também estava claro que o risco desconhecido e as incertezas do translado e também a falta de informação de risco agravante para cadeirantes”, ponderou.

O presidente da Fegotarco salientou, que a decisão tomada pela Word Archery foi sensata e, agora, cabe aos atletas se cuidarem e prepararem para o torneio.

“O adiamento da prova em meio a todo o risco do que está acontecendo e que ainda pode vir a acontecer foi entendido como o passo mais sensato. Cabe agora a cada atleta uma forma de treino em casa, de se manterem ativos e preparados, aguardando o retorno. E ao grupo resta apenas aguardar que esse turbilhão negativo perca força e passe sem muito dano, para que a competição possa acontecer”, afirmou Thyago Tonetto.

Confira na íntegra a nota informativa da Fegotarco:

 

Comentários

comentários

PUBLICIDADE