5.6 C
New York
quinta-feira, maio 19, 2022
Início Futebol Atlético Para jogadores do Atlético, primeiro tempo ruim foi o algoz da equipe

Para jogadores do Atlético, primeiro tempo ruim foi o algoz da equipe

Fora de casa, o Atlético foi derrotado pelo Guarani pelo placar de 2×0. O revés encerrou uma série invicta de 10 jogos do Dragão na Série B. Na saída de campo, em entrevista para a Rádio Sagres, os atletas do rubro negro foram unânimes em dizer que o primeiro tempo abaixo do que a equipe vinha rendendo atrapalhou o desempenho durante os 90 minutos.

Mais do Atlético
Dragão perde invencibilidade ao ser derrotado pelo Guarani
Confira o nosso tempo real

Além do primeiro tempo ruim, o goleiro Mauricio Kozlinski saiu na bronca com a arbitragem. Para ele, a demanda de árbitros para a Série A, devido ao VAR, acaba por diminuir o nível da arbitragem na Série B.

- Anúncio -

“Nosso time não se encontrou, principalmente no primeiro tempo. No segundo tempo fizemos uma partida mais equilibrada. O Guarani tem todos os méritos pela vitória, no primeiro tempo poderiam ter feito mais gols. Mas é incrível o nível da arbitragem, muito erro, tanto para nós quanto para eles. Isso não justifica a nossa derrota, ele errou para os dois lados. Com essa demanda de árbitros para a Série A, com VAR, árbitros bons indo para o VAR. E na Série B colocando esses árbitros de nível baixo, isso prejudica o espetáculo e não é desculpa, mas é vergonhosa essa arbitragem”, analisou o goleiro a derrota do Atlético e a atuação da arbitragem.

Detalhes

Para o lateral-direito Jonathan, que voltou de suspensão, a partida foi resolvida nos detalhes. Segundo ele, os detalhes são que definem o jogo e na Série B isso faz ainda mais diferença.

“A gente não conseguiu fazer o nosso jogo. Demos muito espaço na marcação, deixamos o adversário envolver a gente. Sabemos que está longe do nosso potencial, da nossa vontade, mas agora vamos trabalhar e infelizmente Série B é isso, se errarmos nos detalhes você pode pagar caro. Não está tudo errado e agora vamos trabalhar porque temos um jogo difícil na terça-feira”, falou o lateral sobre a falta de atenção nos detalhes que deram a vitória ao Guarani.

Recuperação em casa

Na saída de campo, em entrevista ao Premiere, o volante André Castro, que completou 50 jogos com a camisa do Dragão, falou que o objetivo da equipe era pontuar. Segundo ele, agora é hora de trabalhar e descansar para o próximo jogo diante do Cuiabá.

“A gente veio aqui com o intuito de pontuar. Agora é levantar a cabeça, descansar, na terça-feira temos um jogo em casa e vamos procurar recuperar esses pontos. Tivemos uma sequência muito forte, vamos ter um tempo para trabalhar, descansar e se preparar melhor ainda para o próximo jogo.

Conheça os maiores apoiadores do Site Esporte Goiano: WB Companies e Connect Media.

Anúncio

Últimas

Grêmio Anápolis anuncia contratação de centroavante ex-Ceará

O Grêmio Anápolis anunciou, nesta quarta-feira (18), a contratação do centroavante André Magno para a sequência da temporada. O atleta chega à...

Universo garante primeiro lugar no JUBs Futebol nas duas categorias

A Universo segue voando no JUBs Futebol. Nesta quarta-feira (18), no encerramento da fase de grupos da competição, a equipe goiana venceu...

Ajax desiste da Taça Brasil sub-20, e Goiás é rebaixado

O Ajax comunicou nesta quarta-feira (18) a desistência da Taça Brasil sub-20 masculina. A equipe seria a representante goiana no torneio, que...

Árbitro e auxiliar goianos são convocados para a Copa do Mundo

O árbitro Wilton Sampaio e o assistente Bruno Pires, ambos de Goiás, foram convocados pela Fifa para integrarem equipes de arbitragem na...

Vila Nova encara Praia Clube em busca de vantagem na Copa do Brasil de Futsal

O Vila Nova joga nesta quinta-feira (19) para tentar abrir vantagem na Copa do Brasil de Futsal. Às 20h, os colorados entram...
Anúncio