Presidente da FGB espera repetir sucesso de público em partida do Brasil

(Foto: Samih Zakzak/Esporte Goiano)
Anúncios

A segunda passagem, em 2018, da Seleção Brasileira de basquete por Goiânia promete ser um sucesso. Pelo menos é o que afirma o presidente da Federação Goiana de Basquete, Ely Pascoal.

No final de fevereiro, o Brasil derrotou o Chile, pelas Eliminatórias do Mundial, com mais de dez mil presentes. Agora, o confronto diante das Ilhas Virgens, pela mesma competição, espera atrair ainda mais torcedores para o Goiânia Arena.

Um dos trunfos que Ely afirma ser importante para um novo recorde de público é a convocação da seleção brasileira. Nomes importantes no cenário de basquete internacional e nacional serão um chamariz para a presença em peso da torcida.

Ilhas Virgens
O adversário, que é da América Central, pode parecer uma incógnita para alguns, já que as Ilhas Virgens não é tradicional nos esportes. Mesmo assim, Ely garante que a equipe pode surpreender Aleksander Pekovic e seus comandados.
“O adversário não é bobo não. O time é bom. Eles venceram a República Dominicana em casa. É claro que o Brasil é favorito, mas eles não vão dar mole”, afirma.
A partida acontece em setembro, no dia 16. Todos os detalhes para compra de ingressos você pode acessar nesse post.

Comentários

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

comentários

PUBLICIDADE