Multicampeão, técnico levou o Vila Nova ao seu primeiro título nacional

Foto: Arquivo/CBB
Anúncios

Antes de conquistar a Série C em duas oportunidades (1996 e 2015), o Vila Nova venceu seu primeiro Campeonato Brasileiro em 1973. No entanto, o triunfo não foi no campo e sim nas quadras. Comandado pelo técnico Kanela, a equipe venceu a Taça Brasil de Basquete. A conquista é um dos grandes feitos do esporte goiano.

Mais do Basquete
Sem conseguir retornar para casa, atletas do Basquete Anapolino seguem em Anápolis
Dicas de filmes e documentários sobre basquete para assistir na quarentena
Confira partidas de Mundiais Femininos que entraram para a história

Naquele ano, a competição foi disputada em Goiânia. As partidas foram jogadas no Ginásio da ESEFEGO (Escola Superior de Educação Física – hoje Faculdade de Educação Física da UEG – Universidade Estadual de Goiás). Sete equipes disputaram o torneio. Além do Vila, entraram em quadra Jaó (GO), Fluminense (RJ), Arapongas (PR), Sírio (SP), Palmeiras (SP) e Trianon (SP). Na decisão, a equipe derrotou o Trianon. O placar da final foi 59×55 para a equipe colorada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além do técnico Kanela, em seu elenco, o Vila Nova contava com jogadores de Seleção Brasileira. O armador Fausto Gianecchini, os alas-pivôs Adílson e Joy e o ala César.

O Vila Nova é a única equipe goiana campeã do Campeonato Brasileiro de Basquete. E, ao lado do Brasília, são as únicas equipes da região centro-oeste a terem conseguido esse feito.

Retomada dos esportes olímpicos

A tradicional história colorada na modalidade está sendo retomada em 2020. O Vila Nova criou o departamento de esportes olímpicos do clube, em parceria com a Universo. Além do basquete, outras modalidades do clube serão o futebol e rugby feminino, atletismo, karatê, futsal e vôlei.

Destaque fora da quadra

Nesta conquista, o destaque do Vila Nova estava no banco de reservas. O treinador da equipe era o paraibano Togo Renan Soares, o “Kanela”, maior técnico da história do basquete brasileiro. Ele comandou a Seleção Brasileira por 20 anos, de 1951 a 1971.

A frente da Seleção Brasileira, Kanela conquistou dois campeonatos mundiais, em 1959 e 1963 e foi vice campeão em 1954. Além destes títulos, o técnico venceu cinco títulos sul americanos consecutivos, entre 1958 e 1971. O treinador também tem em currículo quatro medalhas de Pan Americano (três bronzes e uma prata) e uma medalha olímpica (bronze em nas Olimpíadas de Roma, em 1960).

A conquista com o Vila Nova em 1973 foi o único título nacional de Kanela. Além do colorado, ele dirigiu Botafogo, Palmeiras e Flamengo. No rubro negro carioca, o técnico teve seu maior destaque, conquistando 14 estaduais, sendo 10 de maneira consecutiva. Além dos títulos regionais, o treinador conquistou um Sul-Americano com a equipe da Gávea.

Por suas conquistas e relevância para a história do basquete, Kanela foi indicado ao Hall da Fama da Federação Internacional de Basquete (FIBA). Ele é um dos 25 treinadores que receberam a honraria da entidade.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE