5.6 C
New York
sexta-feira, junho 25, 2021
Início Blogs 10Centralizados Blog do Felipe André: Uma vitória para empolgar?

Blog do Felipe André: Uma vitória para empolgar?

O Atlético Goianiense começou com o pé direito e vencendo um grande time, assim como em 2020. O rubro-negro bateu o Corinthians na estreia do Eduardo Barroca, que já conhece o clube que conseguiu concretizar o acesso em 2019.

 

Essa partida é o suficiente para empolgar o trabalho do treinador? Assim como acontece desde quando comecei a cobrir diariamente o Dragão, diversos torcedores (assim como em outros clubes) são envolvidos pela paixão e pela emoção, transformando tudo em 8 ou 80.

Mais do Dragão:
Marlon Freitas espera dificuldades no “replay” contra o Corinhtians 
Adson afirma que time tem folha de 2 milhões de reais 

O Atlético enfrentou um Corinthians que também trocou de treinador e está em uma situação pior. O time paulista, atolado de dívidas, tem diversas dúvidas dentro do elenco e Sylvinho vai ter muita coisa para arrumar para tentar estabilizar a equipe ao longo da Série A. Por coincidência, ou não, o Timão é o adversário do Dragão na Copa do Brasil, duelo que acontece nesta quarta-feira (2).

Eduardo Barroca chegou com diversos desfalques, mas não tocou no sistema de jogo do Atlético e acredito que isso não vá acontecer. O 4-2-3-1 que o rubro-negro joga se tornou padrão desde a Série A, com pequenas variações para um 4-1-4-1 de acordo com a situação de jogo. O treinador é novo e tem boas ideias, mas a decisão de não renovar incomoda até hoje os torcedores, mas sinceramente eu não vejo isso como algo para se cobrar a mais pelo trabalho dele, que assim como era o de Mancini, é de manter a equipe na Série A e conforme andar o campeonato, pensar em competição internacional.

Vejo o Atlético como favorito na Copa do Brasil, mas precisa prestar atenção no membro mais perigoso do Corinthians: o Sylvinho. O treinador que é extremamente inteligente e foi muito vitorioso dentro das quatro linhas, é o cara que pode atrapalhar o rubro-negro, levando em consideração que seus atletas não tem feito por merecer o destaque, nem mesmo os medalhões.

Além do Corinthians, o Atlético Goianiense vai ter um baita desafio contra o São Paulo de Crespo neste sábado. Ano passado, o Dragão bateu o Tricolor Paulista, na época de Fernando Diniz, no estádio Antônio Accioly, mas vejo este duelo ainda mais complicado e difícil. No fim das contas, o recado é: torcedores calma. O trabalho é continuo e é melhor torcer para o sucesso do Eduardo Barroca, pois se não, que torcedor seria que prefere o fracasso do clube para trocar o comandante?

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Willian Rommel
Jornalista formado na UFG. Pós graduado em jornalismo esportivo pela faculdade Estácio. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, na Rádio Difusora 640 AM, Bandeirantes Goiânia, Diário de Goiás e na TV UFG. Atualmente é Repórter do site Esporte Goiano.
Anúncio

Últimas

Em situações opostas na tabela, Vila e Goiás travam embate pela Série B

Um dos maiores clássicos do Brasil ganha novo capítulo nesta sexta-feira (25). A partir das 21h30, o Vila Nova recebe o Goiás...

Preparador físico retorna ao Vila Nova para integrar comissão permanente

O preparador físico Leonardo Bassotto vai retornar ao Vila Nova. Segundo informações do repórter Paulo Massad, o profissional chega ao Tigre nesta...

Arthur Gomes se mostra satisfeito com assistência e elogia fator coletivo do Atlético

Na última quarta-feira (23), o Atlético Goianiense derrotou o Fluminense por 1 a 0 no Estádio Antônio Accioly e deu sequência à...

Gustavo Alfaro dispara contra arbitragem e reafirma confiança na Seleção do Equador

O Equador novamente largou em vantagem contra o seu adversário pela Copa América, porém na segunda etapa caiu de produção e cedeu...

Ricardo Gareca enaltece reação do elenco e dedica resultado às vítimas de terremoto no Peru

O Peru largou atrás e foi buscar o empate diante do Equador, em um duelo de quatro gols no Estádio Olímpico, em...
Anúncio