Autódromo de Goiânia passa por melhorias durante paralisação

Caixa de brita visa dar mais segurança. (Foto: Divulgação/Seel)
Anúncios

Enquanto não há competições em disputado no Autódromo Internacional Ayrton Senna, a Secretaria Estadual de Esporte e Lazer (Seel) promove melhorias no espaço. Para dar mais segurança aos pilotos, duas caixas de britas estão sendo construídas em pontos estratégicos do circuito.

Conforme a Seel, os locais escolhidos para a adição das caixas de brita foram as áreas de escape das curvas 0 e 1. É nesses pontos que os pilotos costumam atingir maior velocidade, no fim da reta oposta e na reta principal.

– Essa medida tem uma importância muito grande, principalmente para o motociclismo, porque é quem corre mais risco em caso de acidente, quando se perde o controle na pista. A caixa de brita faz toda a diferença, funcionando como retenção, caso o piloto ultrapasse a área de escape – ressaltou o secretário Rafael Rahif.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais da velocidade
Goiás Superbike congela etapas de 2020

Neste ano, a piloto Indiana Muñoz morreu no autódromo, na 1ª etapa do Goiás Superbike, exatamente na curva zero do traçado. “Essa obra aumenta a segurança”, ponderou o secretário de Esportes e Lazer.

As caixas de brita têm uma camada de 25 centímetros de profundidade, que diminui a aceleração do veículo que a invadir e impede um choque com o guard-rail. “Há muito tempo milito no motociclismo e automobilismo em Goiás, e posso dizer que estamos realizando um sonho e atendendo uma reivindicação antiga da classe”, disse Roberto Boettcher, gerente da praça esportiva e ex-presidente da Federação de Motociclismo de Goiás.

Outras melhorias

Além da implantação das caixas de brita, o autódromo teve a pintura de fachadas da ala dos boxes, arquibancadas, muretas, áreas de cronometragem, cabines de imprensa e todas as outras.

Houve também pequenas reformas nos camarotes e na sala de transmissão. Foi feito trabalho de manutenção, como a roçagem, dentro do circuito e também na área externa.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE