Se Goianão não voltar, Adson diz que Atlético deve ser declarado campeão

Foto: Paulo Marcos/ACG
Anúncios

A epidemia de Covid-19 deixa o futuro do futebol incerto no Brasil e em Goiás. Ainda não há prazo para retorno sequer para os treinamentos no estado. Para a volta das competições, a indefinição é ainda maior. Diante do cenário nebuloso, uma das possibilidades é que o Goianão de 2020 não seja encerrado dentro de campo.

Caso o Estadual não termine como previsto inicialmente, o presidente do Atlético, Adson Batista, afirma que o Dragão tem o direito de ser declarado o campeão goiano de 2020.

– Acho que o Atlético tem que ser homologado campeão. Não quero ser oportunista, mas espero o bom senso da FGF e que clubes que pensam diferente respeitem o que foi feito dentro de campo até aqui. Mais da metade do campeonato foi disputado. Se não tiver campeonato, tem que homologar o Atlético. Vejo isso como justiça – afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais do Dragão
Clube quer diálogo com Caiado para retomar treinos
Entenda o processo para se tornar clube-empresa

Várias vezes durante a live realizada na última quarta-feira (20), o presidente rubro-negro destacou que mais de 50% do torneio já havia sido disputado, o que daria ao Dragão o direito da homologação do título. “Não podemos ser penalizados (pela paralisação)”, pontuou Adson.

Quando o Goianão foi paralisado, cerca de 70% das partidas já haviam sido disputadas. O Atlético liderava, com 23 pontos, três a mais que o Jaraguá, que já expressou apoio à declaração de título para o Dragão. Restavam dois jogos para o fim da fase de classificação e ainda todo o mata-mata.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE