5.6 C
New York
domingo, fevereiro 28, 2021
Início Futebol Vila Nova De virada, Vila Nova massacra Remo no OBA e se aproxima do...

De virada, Vila Nova massacra Remo no OBA e se aproxima do tricampeonato da Série C

O dia 23 de janeiro de 2021 ficará marcado na campanha do Vila Nova na Série C. Com um desempenho magistral, o Tigrão atropelou, de virada, o Remo, no Onésio Brasileiro Alvarenga: 5 a 1. Com isso, os colorados podem perder por até três gols de diferença na partida de volta da decisão, no sábado (30), em Belém, que, mesmo assim, o tricampeonato nacional será confirmado.

 

Antes, no entanto, o Vila Nova volta a campo contra o Palmas-TO, na segunda-feira (25), às 16h, no OBA, pelas oitavas da Copa Verde. Já o Remo entra em campo contra o vencedor de Santos-AP e Gama-DF, na quarta-feira (27), às 16h, no Mangueirão, pelas oitavas da Copa Verde.

Mais do Tigrão:
-> Confira como foi o tempo real: Vila Nova 5 x 1 Remo, jogo de ida da final da Série C
-> Maratona colorada! Vila terá sete jogos no final do mês de Janeiro

Com o acesso garantido, Vila e Remo se mostraram mais leves na decisão, com um confronto aberto. Mesmo bastante desfalcados – 11 jogadores, entre titulares e reservas, com Covid), os paraenses saíram na frente, quando Felipe Gedoz cobrou escanteio da esquerda e o zagueiro Gilberto Alemão cabeceou no cantinho: 1 a 0, aos 9 minutos.

Assista aos jogos da final da Série C. Clique aqui e ganhe um mês de DAZN!

O gol não abalou em nada o Tigre, que adiantou a marcação e passou a finalizar mais. Após arremates de Pablo, Alan Mineiro, Henan (de letra, defendido pelo goleiro) e Celsinho (em batida rasteira cruzada e que Vinicius fez grande defesa), o Vila Nova conseguiu igualar o placar. Aos 25, Celsinho cobrou escanteio da direita, Alan Mineiro teve cabeçada bloqueada e a sobra ficou com Talles, que dominou no peito na pequena área e fuzilou: 1 a 1. Confira abaixo: 

O gol animou ainda mais os colorados, que seguiram tomando as iniciativas e chegaram a virada aos 36 minutos. Pablo lançou Willian Formiga, que avançou pela esquerda, cruzou rasteiro e, após desvio da zaga, a bola encontrou Talles, que chutou rasteiro de canhota, no cantinho: Tigre 2 a 1.

O Remo quase empatou em cobrança de falta de Felipe Gedoz, ex-Goiás, aos 40, mas a bola foi para fora. Antes do apito finalizando a primeira etapa, no entanto, a rede voltou a balançar. Quando o relógio marcava 46, Alan Mineiro cavou falta na entrada da área, chamou a responsabilidade e cobrou com maestria: 3 a 1. Centésimo gol da carreira do camisa 10, sendo o de número de 37 pelo Vila Nova.

Assista aos jogos da final da Série C. Clique aqui e ganhe um mês de DAZN!

Na volta para a segunda etapa, o Remo se lançou mais ao ataque. Com isso, o Tigre teve mais espaço e teve uma atuação de gala. Após Dudu quase ampliar aos 12, Pablo lançou Henan, que se aproveitou da paralisação da defesa paraense, que pediu impedimento. O camisa 9 colorado esbanjou categoria e encobriu o goleiro Vinicius para fazer o quarto gol do Vila Nova: 4 a 1.

O quinto gol saiu aos 24 minutos, após blitz colorada. Pablo soltou um petardo, de canhota, Henan desviou de cabeça no meio do caminho e balançou as redes: 5 a 1. Segundo do camisa 9 na partida, décimo dele no campeonato. O restante da partida teve o Vila Nova, bastante modificado após as mexidas de Márcio Fernandes, mais próximo do sexto gol, com tentativas de Talles, Donato e Adalberto, do que o remo de descontar.

 

Ficha técnica:
Vila Nova 5 x 1 Remo
Jogo de Ida da Final da Série C do Campeonato Brasileiro 2020
Data: 23 de janeiro de 2021
Horário: 17h (horário de Brasília)
Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Márcio dos Santos (RN) e Flávio Gomes Barroca (RN)
4º Árbitro: Eduardo Tomaz (GO) 
Cartões Amarelos: Fabrício e Éder (VIL); Lucas Siqueira, Eduardo Ramos e Tcharlles (REM)
Gols: Gilberto Alemão (REM) aos 9′ 1T (0-1), Talles (VIL) aos 25′ 1T (1-1) e 36′ 1T (2-1), Alan Mineiro (VIL) aos 47′ 1T (3-1), Henan (VIL) aos 13′ 2T (4-1) e aos 24′ 2T (5-1)
Vila Nova: Fabrício; Celsinho, Rafael Donato, Adalberto e Willian Formiga; Yuri, Pablo Roberto (Pedro Bambu), Dudu (Gilsinho) e Alan Mineiro (Hugo Sanches); Talles e Henan (Rafhael Lucas).
Técnico: Márcio Fernandes.
Remo: Vinícius; Ricardo Luz, Gilberto Alemão, Fredson e Lailson (Kevem); Lucas Siqueira, Júlio Rusch e Felipe Gedoz (Pepê); Eron (, Eduardo Ramos e Tcharlles.
Técnico: Renan Capra.
Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube
Vitor Monteirohttps://esportegoiano.com.br/
Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás). Co-fundador do site Esporte Goiano e colaborador do Projeto Futebol de Goyaz. Trabalhou também na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Rádio Sagres, TV Sagres e jornal O Popular.
Anúncio

Últimas

Goiás mede forças com o Iporá na abertura do Goianão 2021

Iporá e Goiás abrem neste domingo (28) o Goianão 2021. A partida, às 15h30, no Ferreirão, será a primeira da nova temporada...

Na abertura do Goianão 2021, Vila Nova encara o Jaraguá no OBA

Vila Nova e Jaraguá estreiam neste domingo (28) no Goianão de 2021. A bola rola no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), às...

“Time guerreiro”, elogia presidente do Goianésia

A trave do Antônio Accioly separou o Goianésia de seu primeiro título do Goianão. A campanha, porém, foi motivo de orgulho para...

Marcelo Cabo troca Atlético pelo Vasco da Gama

O treinador Marcelo Cabo deixou o Antônio Accioly. O comandante rubro-negro encerra mais uma passagem no Atlético Goianiense depois de ter aceitado...

Jean se declara ao Atlético e promete voltar: “Não é um adeus

Grande destaque do Atlético na temporada 2020, o goleiro Jean se despede do clube neste sábado (27). Com taça e uma campanha...
Anúncio