5.6 C
New York
sábado, abril 13, 2024
InícioFutebolVila NovaVila bate o Náutico, mas dá adeus ao sonho do acesso à...

Vila bate o Náutico, mas dá adeus ao sonho do acesso à Série A

O Vila Nova venceu o Náutico, por 2 a 1, na tarde deste sábado, 18, no Estádio do Arruda, em Recife. Mesmo com o triunfo, o time goiano perdeu qualquer chance matemática de ascender à primeira divisão. Isto porque o Paraná derrotou o CRB, em Alagoas.

Todos os gols do jogo aconteceram no segundo tempo. Jenison abriu o placar para o Vila Nova. Bruno Mota empatou para o Náutico. De pênalti, Alan Mineiro assegurou a vitória do tigre.

Com o resultado, o Vila Nova subiu para 58 pontos, e saltou da sétima para a sexta colocação. O Náutico caiu para a lanterna, ao se manter com 32 pontos. Na última rodada, o Vila Nova recebe o Londrina, no Serra Dourada. O Náutico visita o Luverdense. Os dois jogos serão realizados no próximo sábado, 25.

- Anúncio -

Primeiro tempo

Mesmo jogando fora de casa, o Vila Nova fez valer a sua maior qualidade técnica. O time goiano buscou mais o ataque nos primeiros minutos. Mesmo sem levar grande perigo ao goleiro Busatto, o tigre chegou com finalizações de Mateus Anderson e Ruan.

O lance de grande perigo aconteceu aos 22 minutos. Após bola levantada na área, Wesley Matos desviou de cabeça. Busatto fez grande defesa para impedir a abertura do placar. Dois minutos depois, Maguinho arriscou no gol. Outra vez o goleiro do Náutico fez ótima intervenção para manter o zero a zero no placar.

Dono absoluto do jogo, o Vila Nova parou mais uma vez no goleiro Busatto aos 35 minutos. Geovane aproveitou rebote da zaga pernambucana e chutou para outra defesa do camisa um do timbu. Na única chegada do Náutico na primeira etapa, o time pernambucano quase abriu o placar. Aos 46 minutos, Henrique cobrou falta da entrada da área. A bola carimbou a trave de Luís Carlos.

Segundo tempo

Se no primeiro tempo, o Vila Nova insistiu bastante e não abriu o placar, na segunda etapa, o time goiano encontrou o gol logo no início. Aos três minutos, ele recebeu cruzamento de Maguinho, dominou e bateu sem chances para o goleiro Busatto. O Náutico tentou dar o troco aos seis minutos. Mas Luís Carlos fez boa intervenção na cabeçada do zagueiro Aislan.

Aos 25, o Vila Nova fez excelente troca de passes. Alípio saiu na cara do gol Mas foi mais um a parar na grande atuação de Busatto, que outra vez defendeu. O timbu chegou ao empate aos 35. Cal Rodrigues levantou na área. De cabeça, Bruno Mota desviou para deixar tudo igual no Arruda.

Quando parecia que o jogo ficaria no empate, o Vila Nova chegou ao gol da vitória. Maguinho foi derrubado por Aislan, na grande área. Cobrando pênalti, Alan Mineiro sacramentou o triunfo goiano aos 48 minutos.

FICHA TÉCNICA:
Náutico 1×2 Vila Nova
Data: 18/11/2017
Local: Estádio do Arruda, Recife (PE)
Arbitragem: Graziani Maciel Rocha; João Luiz Coelho de Albuquerque e Wendel de Paiva Gouveia (todos do Rio de Janeiro)
Gols: Jenison (3’/2T); Bruno Mota (35’/2T) e Alan Mineiro (48’/2T)
Cartões amarelos: Fagner e Wallyson (Vila Nova)
NÁUTICO: Busatto; Rafael Ribeiro, Aislan, Léo Carioca (Bruno Mota) e Henrique Ávila; Rafinha, Jobson (Amaral) e Renan Paulino; Leilson, Gerônimo e Iago (Cal Rodrigues).
Técnico: Roberto Fernandes.
VILA NOVA: Luís Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gastón; Geovane, Fagner e Alan Mineiro; Mateus Anderson (Wallyson), Ruan (Alípio) e Jenison (Fernando Medeiros).
Técnico: Hemerson Maria.
Gerliézer Paulo
Jornalista formado pela Faculdade Araguaia, membro do Projeto Futebol de Goyaz, fundador do Jornal Meia Ponte, ex-editor geral do Jornal 25 de Março, repórter do Portal 730, repórter do site Pauta Goiás e co-fundador do site Esporte Goiano.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P