Reunião nesta terça-feira (14) pode selar saída de Jair Rabelo da Anapolina

Foto: Rossini Pasti/AA Anapolina
Anúncios

Uma reunião na tarde desta terça-feira (14) pode selar a saída do Jair Rabelo da Anapolina. O vice-presidente Juarez César e outros dirigentes da Xata se reunirão às 12h com o prefeito Roberto Naves, o presidente da Câmara Municipal, Leandro Ribeiro, e outros vereadores para tratar do futuro da Rubra.

Já na manhã desta terça, Rabelo divulgou um comunicado em tom de despedida. No texto, o gestor de futebol agradeceu aos que o auxiliaram nas reformas do CT e afirmou que é provável que ele deixe o clube. Em seguida, ele disse que deixa a decisão nas mãos da cúpula colorada

– Se for para unir todos em prol da Rubra e resolver os problemas, que não são pequenos, é lógico que, se eu for empecilho, vou deixar sim – escreveu o diretor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais do Goianão
Rubra começou pré-temporada com derrota para time amador
Goleiro do Goianésia comemora preparação vitoriosa

O presidente do Conselho Deliberativo, Pedro Canedo, afirmou que não foi convidado para a reunião. Ele disse que se afastou do clube após a decisão do vice-presidente Juarez César de contratar Jair Rabelo para o cargo de gestor de futebol do clube.

– Eu nunca trabalharia futebol com o Jair Rabelo. Eu fui claro. Ele (Juarez) queria porque viria um grupo de empresários que entregaria R$ 150 mil de cara, uma folha de pagamento de R$ 250 mil, além de cuidar do CT e da base. Eu disse a ele que isso não existe, mas ele insistiu muito. Eu continuei como presidente do Conselho, mas não trabalho (com Jair Rabelo). Não voltei ao CT, não fui a apresentação e ao jogo-treino porque não concordei com essa situação – disse em entrevista à Rádio Manchester.

Patrocínios

Em entrevista ao repórter Wagner Almeida, da Rádio Manchester, Ribeiro destacou que o encontro servirá, principalmente, para buscar recursos para que a Anapolina dispute o Goianão 2020.

– O que eu quero que essa diretoria leve ao prefeito Roberto e aos vereadores é um projeto e nomes de atletas que possam ser contratados, caso consigamos alguns patrocínios – pontuou o presidente da Câmara.

Segundo Ribeiro, Juarez César, em reunião nesta segunda-feira (13), relatou uma situação crítica nas finanças coloradas. “Não tem dinheiro nem para regularizar os jogadores. Estão com dificuldades de manter a alimentação dos atletas que aqui estão. Há algumas pendências como energia e com funcionários”, detalhou.

Ouça na íntegra a entrevista do presidente da Câmara, concedida ao repórter Wagner Almeida

 

Comentários

comentários

PUBLICIDADE