5.6 C
New York
sexta-feira, julho 12, 2024
InícioQuadraVôleiReservas decidem, Anápolis vira e bate Uberlândia na Superliga B

Reservas decidem, Anápolis vira e bate Uberlândia na Superliga B

O Anápolis Vôlei testou mais uma vez o coração dos torcedores no Ginásio Internacional Newton de Faria. Numa virada emocionante, em 2h44 de jogo, os auriazuis derrotaram Uberlândia por 3 sets a 2 (21/25, 25/19, 30/32, 25/22 e 15/11).

A entrada de jogadores habitualmente reservas, como Índio, Birigui e Alberto foi fundamental para o triunfo dos donos da casa.

Na sexta-feira (6), o Lobo Guará faz seu primeiro jogo fora de casa, contra Lavras, às 20h.

Mais do vôlei:
-> Confira a tabela da Superliga B

- Anúncio -

O Anápolis começou mal, errando na recepção e com ataques erráticos. Os auriazuis também falharam nos poucos contragolpes que Uberlândia cedeu na primeira parcial. O saque, porém, foi a maior deficiência. Pouquíssimos entraram e, assim, a vida dos mineiros ficou mais fácil. Os visitantes levaram o primeiro set por 25 a 21.

O espírito e a postura do Lobo Guará foram totalmente diferentes no set seguinte. Os atacantes foram mais precisos e o saque começou a entrar. Uberlândia tinha que suar muito para converter pontos. Leandrão, sacado por Picinin pela má atuação no primeiro set, voltou muito bem e ajudou no triunfo por 25 a 19.

Tragam o desfibrilador

O terceiro set foi de emoção pura. A oscilação auriazul apareceu de novo e o time começou mal o set. Na reta final, os mineiros chegaram a ter sete pontos de vantagem. Picinin rodou o time e a estratégia funcionou. Alberto, Índio e Birigui entraram bem e viraram o confronto, dando quatro set points para Anápolis. Porém, no fim, o bloqueio dos visitantes funcionou e, num set de 40 minutos, Uberlândia fez 32 a 30.

O Lobo Guará contou com a força do elenco para vencer o quarto set e forçar o tie-break. Alberto, Birigui e Índio permaneceram em quadra e atuaram bem. No fim do set, os auriazuis voltaram a cometer erros bobos, mas se recuperaram e fecharam em 25 a 22.

O tie-break foi um fim digno para um jogo tão disputado. Os times trocaram pontos e ninguém conseguiu abrir vantagem precocemente. Contando com um inspirado Alberto e erros mineiros em momentos cruciais, o Lobo Guará fechou em 15 a 12 e levou mais uma em cinco sets.

Foto: Rafael Tomazeti/EG
Rafael Tomazeti
Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás. Fã de esportes e apaixonado pelo estado de Goiás. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Jornal Diário do Estado, Diário de Goiás e Rádio BandNews.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P