Philipe Maia destaca importância da defesa para sucesso na Copa do Brasil

Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova FC
Anúncios

O Vila Nova começa nesta quarta-feira (13) uma caminhada muito importante para o clube. O Tigrão visita o Manaus na estreia da Copa do Brasil, competição mais rentável do calendário nacional. Como o torneio é mata-mata e apenas um jogo decide quem avança nas primeiras fases, a defesa tem papel crucial no sucesso ou insucesso no campeonato, segundo o zagueiro Philipe Maia.

Em entrevista concedida exclusivamente ao Esporte Goiano, o recém-chegado defensor destacou o papel da retaguarda na Copa do Brasil. De acordo com Maia, uma defesa segura facilita o caminho de qualquer equipe numa competição eliminatória.

– Temos que encarar como a nossa primeira decisão. É somente um jogo, então as chances de erros diminui, assim o nível de atenção e concentração tem que ser alto. Esses jogos têm de ser encarados de uma maneira diferente. Vamos procurar fazer um bom papel defensivamente, não levar gols e dar o suporte necessário para que a gente consiga fazer e assim voltar para casa com classificação – pontuou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No Goianão, Vila ficou no empate em jogo agitado com o Goianésia

Normalmente, Philipe Maia tem sido titular da zaga colorada ao lado de Wesley Matos. Segundo ele, a adaptação ao novo parceiro tem sido tranquila, principalmente por conta da qualidade e receptividade do xerifão vilanovense. Além disso, Maia destacou a competência dos outros dois zagueiros do Tigre.

– Conhecia o Wesley de jogar contra, enfrentei ele algumas vezes e quando eu cheguei aqui tive uma recepção muito boa por parte dele. É um grande jogador, líder. Sempre estamos conversando, alinhando para minimizar as chances de levar gols. Patrick e o Bruno vem trabalhando forte. São bons jogadores, isso é bom, pois faz com que os que estejam jogando não deixam o nível cair – elogiou.

Nova casa e metas para 2019

Philipe Maia chegou ao Vila Nova após boa temporada pelo Guarani. Com aval do técnico Louzer, ele vem tentando se adaptar às diferenças entre o futebol paulista e goiano. “Vejo com bons olhos a minha chegada a Goiás. Uma experiência nova que abre um mercado. Existe uma diferença entre o futebol paulista com o daqui, mas estou me adaptando bem e a tendência é evoluir cada vez mais”, pontuou.

Maia revelou que recebeu inúmeras propostas após seu bom 2018 pelo Bugre. Contudo, de acordo com ele, ninguém lhe apresentou o projeto que o Vila Nova propôs. Dentro disso estão os principais objetivos do clube, que é a reconquista do Goianão após 14 anos e o acesso à elite do futebol brasileiro. Pelo que viu até aqui, Philipe Maia acredita que o Tigre possa levantar a taça do Estadual e quebrar o longo jejum de títulos.

– É possível. Com muito empenho e foco, temos totais condições de conquistar esse grande objetivo. Enfrentamos e ainda vamos enfrentar bons adversários pelo caminho, mas ao meu ver, temos uma equipe muito qualificada que está se fortalecendo para quando chegar a hora certa, dar uma boa resposta para o nosso torcedor – disse.

No entanto, o maior objetivo é indubitavelmente o acesso à Série A. Philipe Maia já tem experiência no torneio e quer ajudar o Vila, que bateu na trave nos últimos anos, a finalmente subir. De acordo com ele, melhorar o desempenho como mandante é indispensável para chegar à elite.

– Sem dúvidas este é o grande objetivo do ano. A Série B é um campeonato muito equilibrado. O Vila, nos últimos dois anos, bateu na trave. Em 2019 temos uma grande oportunidade para tornar esse sonho realidade. Devemo ser uma equipe mais constante, fazer bem o papel de casa e beliscar pontos fora de casa também. Temos que crescer no momento certo para que no final da 38° rodada esteja entre os quatro – destacou.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE