Na memória: Túlio Maravilha decidiu no fim e Vila bateu o Guarani em 2007

Foto: Reprodução/Internet
Anúncios

Quando Vila Nova e Guarani vão se enfrentar, os colorados lembram, quase que imediatamente, de um embate de 2007, com gol salvador de Túlio Maravilha. Disputado no sábado, 1º de setembro, o confronto foi válido pela 6ª rodada da 2ª fase da Série C.

As equipes chegaram em situações diferentes para o duelo no Serra Dourada. Enquanto o Crac (que enfrentaria o eliminado Rio Claro/SP) já tinha a liderança garantida, com 11 pontos, o Bugre era o vice-líder, com 8, e o Tigre aparecia em terceiro lugar, com 6.

A partida

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se os paulistas precisavam apenas de um empate para avançar, só a vitória interessava ao time colorado. Sabendo disso, a partida foi, literalmente, ataque contra defesa. Desde o primeiro minuto, em tentativa de Wando pela ponta, o Vila buscou superar a reforçada defesa alviverde, posicionada com três zagueiros.

A única finalização dos visitantes foi um chute de fora da área de Gustavo. Já do outro lado, Buzetto conseguiu segurar as muitas, mas ineficientes finalizações vermelhas, de Paulo Ramos, Alex Oliveira e Túlio.

Na etapa final, o Guarani adotou a retranca de vez. Com o passar dos minutos, a pressão colorada aumentava, assim como a tensão no estádio. Com muita velocidade, Juninho (que, a partir do ano seguinte viria a jogar no rival Atlético Goianiense) era a grande alternativa do Tigre para chegar ao ataque.

Quando parecia que o placar terminaria zerado, para felicidade bugrina, os dois principais nomes do Vila entraram em ação. Aos 42 minutos, Alex Oliveira arrancou do círculo central, acionou Túlio, que tocou de calcanhar para o camisa 10, que devolveu. Da entrada da área, o artilheiro chutou rasteiro no cantinho esquerdo, acertando a lateral da rede: 1 x 0. Gol da explosão de alegria, do alívio vermelho, gol de Túlio Maravilha (o 11º dele na competição). Nos minutos restantes, o Guarani se lançou ao ataque, na base do desespero, mas o relógio, de aliado passou a ser algoz. E o Vila Nova venceu, avançando à terceira fase e, posteriormente, conquistando o acesso à Série B 2008.

Para a história?

Na sexta-feira, 28, Vila Nova e Guarani têm novo encontro marcado. A partir das 21h30, novamente no Serra Dourada, medirão forças em duelo direto pelo acesso à elite do futebol brasileiro. Uma partida que tem tudo para ficar ‘Na Memória’ de colorados e bugrinos.

Ficha técnica:
Vila Nova 1 x 0 Guarani
6ª rodada da segunda fase da Série C 2007
Data: Sábado, 01/09/2007
Horário: 16h
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia
Público: 16.890 pagantes
Renda: R$ 80.832,50
Arbitragem: Rogério Pereira da Costa (MG); Flávio Gilberto Kanitz (GO) e João Patrício de Araújo (GO).
Cartões amarelos: Heleno, Henrique, Paulo Ramos, Danilo, Túlio e Alex Oliveira (VILA); Macaé, Talles, Marquinho, Xandão e Vitor Rossini (GUA).
Gol: Túlio Maravilha (VILA) aos 42′ 2T (1-0).
Vila Nova: Fabiano; Michel, Henrique Santos, Vitor e Possato; Alisson (Soares), Heleno, Paulo Ramos (Juninho) e Alex Oliveira; Wando (Danilo) e Túlio Maravilha.
Treinador: Arthur Neto
Guarani: Buzetto; Xandão, Lino e Danilo Silva; Lucas, Macaé (Vítor Rossini), Nata, Gustavo e PC; Marquinho (Raul [Assunção]) e Talles.
Treinador: José Luiz Carbone

Assista a matéria do jogo: (Créditos: TV Anhanguera/EPTV-SP)

Comentários

comentários

PUBLICIDADE