5.6 C
New York
sexta-feira, janeiro 15, 2021
Início Futebol Futebol Goiano Na memória: Crac foi o único time goiano que conseguiu o acesso...

Na memória: Crac foi o único time goiano que conseguiu o acesso na Série D

A Aparecidense busca, neste sábado (09), seu primeiro acesso nacional na história. O objetivo do Camaleão é repetir o feito do Crac, até aqui, único clube goiano a conseguir o acesso na Série D do Campeonato Brasileiro. 


Mais do futebol goiano:
-> Goleiro ex-Anapolina, lateral ex-Goiânia e meia: Crac se movimenta no mercado
-> Jorge Saran é contratado pela Jataiense
-> CBF detalha datas e horários das estreias goianas na Copa Verde

Comandado por Zé Roberto, o Crac garantiu vaga na quarta divisão nacional após boa campanha no Goianão 2012. Foi o terceiro melhor na primeira fase e, nas semifinais, acabou atropelado pelo Atlético Goianiense, de Elias, Marcão e Felipe.

Na primeira fase da quarta divisão, o Crac liderou o grupo A5, com 15 pontos, resultados de quatro vitórias, três empates e um revés. Ficou à frente de Ceilândia/DF, Cene/MS, Aparecidense e Sobradinho/DF.

O Leão do Sul superou o Nacional/MG nas oitavas de final: perdeu por 2 a 1 em Minas e, em Catalão, ganhou por 1 a 0, avançando por ter feito um gol fora de casa. O chamado gol qualificado fez a diferença também nas quartas, diante do Friburguense/RJ: vitória por 2 a 0, em casa, e derrota por 3 a 1, fora. O triunfo garantiu um inédito acesso ao futebol goiano desde que a Série D foi criada em 2009.

Nas semifinais, um empate em 1 a 1 com o Mogi Mirim, no interior paulista, com direito a gol de bicicleta do Nino Guerreiro (veja abaixo). A volta, em Catalão, teve vitória goiana por 2 a 0, com mais dois do atacante, que terminou como artilheiro do torneio, com 13 gols.

Na grande decisão, o Crac enfrentou o Sampaio Corrêa. O primeiro embate, no Genervino da Fonseca, terminou empatado em 1 a 1. Cleitinho abriu o placar para os visitantes e Guerra, aos 36 do primeiro tempo, deixou tudo igual para o Leão do Sul. O detalhe é que o volante Zé Neto, do Crac, foi expulso aos 6 minutos do primeiro tempo, ao cometer pênalti em Pimentinha. Célio Codó cobrou e Dudu defendeu. Ainda na etapa inicial, o lateral Luís Jorge foi expulso pelo lado maranhense.

O confronto de volta teve o segundo maior público da competição: 37.383 pagantes (40.243 total). A torcida da ‘Bolívia Querida' explodiu de felicidade em cabeçada precisa de Eloir, aos 17 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, em jogada de velocidade, Pimentinha invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado para fechar a conta: 2 a 0. Apesar da derrota, o vice-campeonato foi comemorado pelo Clube Recreativo Catalano, com uma campanha que ficou “Na Memória“.

Números da campanha do Crac na Série D 2012:
16 jogos
7 vitórias
5 empates
4 derrotas
24 gols pró
18 gols sofridos
Ficha técnica da decisão:
Sampaio Corrêa 2 x 0 Crac
Data: 20/10/2012 (sábado)
Horário: 18h
Local: Estádio Castelão, em São Luís/MA
Público: 37.383 pagantes (40.243 público total)
Arbitragem: Jefferson Schmidt (SC); Carlos Berkenbrock (SC) e Sérgio Alexandre da Silva (MS)
Gols: Eloir (SAM) aos 17′ 1T (1-0) e Pimentinha (SAM) aos 30′ 2T (2-0)
Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Roniery, Robinho, Mimica e Deca; Dudu, Arlindo Maracanã, Eloir e Cleiton (Carlinho Rech); Wescley (Zé Paulo) e Pimentinha (Célio Codó).
Técnico: Flávio Araújo
Crac: Dudu; Rodrigo Guerra (Rafael Sayão), Emerson, Fábio Paulista e Amarildo; Leão, João Vitor, Mário César e Jeferson (Paulo Henrique); Nino Guerreiro e Dinei (Reinaldo).
Técnico: Zé Roberto

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

Vitor Monteirohttps://esportegoiano.com.br/
Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás). Co-fundador do site Esporte Goiano e colaborador do Projeto Futebol de Goyaz. Trabalhou também na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Rádio Sagres, TV Sagres e jornal O Popular.
Anúncio

Últimas

Miguel diz que atuação do Goiânia foi abaixo da Série D e cobra ‘vergonha na cara'

O volante Miguel deixou o gramado do Olímpico frustrado com o resultado do confronto de quarta-feira (13), contra a Anapolina. O empate...

Fernandão revela preferência por dupla de ataque e torce para Rafael Moura manter escrita contra o Fla

Augusto César e Glauber Ramos apostaram numa improvável dupla de centroavantes no comando de ataque esmeraldino. Contrariando a tendência do futebol moderno,...

Higo Magalhães enaltece garra do Vila Nova na classificação à final do Brasileiro de Aspirantes

O treinador Higo Magalhães chegou ao Vila Nova, em 2019, como auxiliar técnico de Ariel Mamede, porém após a saída de Mamede...

Em duelo histórico, Rensga estreia neste sábado (16) no CBLoL

Foram dias de muita expectativa desde que a Rensga foi anunciada como uma das equipes premiadas com franquia do Campeonato Brasileiro de...

Alan Mineiro vive expectativa para o “jogo mais importante” com a camisa do Vila Nova

Em sua quarta temporada no Vila Nova, o meia Alan Mineiro vive a expectativa do jogo mais importante da sua trajetória no...
Anúncio