5.6 C
New York
terça-feira, agosto 9, 2022
Início Futebol Atlético Derrota, pressão e planejamento: João Paulo Sanches comenta situação após revés

Derrota, pressão e planejamento: João Paulo Sanches comenta situação após revés

Após a derrota do Atlético diante da Aparecidense no Estádio Olímpico, o treinador João Paulo Sanches explanou sua análise do jogo e os motivos que prejudicaram a atuação de seu time, principalmente na segunda etapa. Além disso, o técnico comentou sobre sua continuidade no rubro-negro e o planejamento para os próximos jogos.

Lesões afetam partida

De acordo com Sanches, o Dragão se manteve bem nos 45 minutos iniciais, principalmente quando atuava com uma marcação adiantada. Quando a equipe recuava o primeiro combate, a Aparecidense conseguia rodar a bola e avançar com perigo.

- Anúncio -

Para a segunda etapa, o treinador queria que linha ofensiva buscasse mais a bola no campo de ataque. Mas lesões de Tomas Bastos, Élder Santana e o desgaste físico de Fernandes prejudicaram o Atlético na marcação. Os donos da casa voltaram a sofrer pressão e tomaram a virada no marcador.

Ingressos para Vila e Atlético já estão à venda!

“As substituições, infelizmente, descaracterizaram muito a equipe. Foi um segundo tempo onde que tivemos que nos preencher mais defensivamente, já que o jogo foi dificultado pelas nossas perdas”, comentou.

Pressão da torcida, continuidade do trabalho e planejamento

Com o revés, o Atlético estaciona com apenas 2 pontos ganhos em 9 disputados no Goianão 2018. Tal situação incomoda a torcida rubro-negra, que enxerga o clube como uma das principais forças do estado. Durante o embate, vaias se tornaram presentes em boa parte do jogo. Sanches acredita que a insatisfação dos torcedores é normal, por conta da fase não ser boa.

A continuidade do trabalho do treinador também começou a ser questionada com a má sequência de resultados. João Paulo Sanches disse que tal decisão é restrita somente à diretoria do clube. O treinador tem conhecimento do momento vivenciado, mas acredita na capacidade do elenco para reverter a situação.

“Se a diretoria achar que tem de haver a troca, se eles acharem que tem de me demitir. Futebol é movido a resultados. Temos que olhar todos os fatores. A falta do resultado gera insegurança, muita desconfiança e tem que ter sabedoria pra interpretar esse difícil momento”, disse Sanches.

Mesmo com a desconfiança trabalhando contra, Sanches tem um planejamento definido para a sequência dos jogos. Após o clássico diante do Vila Nova, o técnico quer passar a rodar mais seu elenco, para que consigam suportar o acréscimo da Copa do Brasil no calendário. João ressaltou que o momento difícil o faz pensar em algumas mudanças quanto ao que está planejado, mas o condicionamento dos atletas segue como prioridade.

A próxima partida do Dragão será no sábado, 27, diante do Tigrão. O jogo será realizado no Olímpico, com a bola rolando a partir das 17h. Pressionadíssimo, João Paulo Sanches busca a vitória para seu plantel.

“Jogos difíceis”, avalia JP Sanches sobre Aparecidense e Vila, próximos adversários do Dragão

Samih Zakzak
Estudante de jornalismo na Universidade Federal de Goiás (UFG). Gosta de esportes pra (censurado).
Anúncio

Últimas

Vila Nova/Universo promove seletiva para a equipe feminina de vôlei

O Vila Nova/Universo fará uma seletiva para a e equipe de vôlei feminino na tarde do próximo sábado (13), às 17h30, no...

Atlético-GO contrata zagueiro ex-São Paulo para a disputa do Brasileirão sub-17

O Atlético-GO anunciou nesta terça-feira (9) a contratação do zagueiro Luis Gustavo, mais conhecido como Luizão para as categorias de base de...

Atlético-GO vende mais de 15 mil ingressos para jogo contra o Nacional

O Serra Dourada vai pegar fogo na noite desta terça-feira (9). Na parcial divulgada pelo Atlético-GO nesta manhã, 15.700 ingressos já haviam...

Técnico de robótica goiano é eleito o melhor do Brasil em evento no RJ

A equipe de robótica do Sesi Campinas levou o título da Sesi Robotics International Open Brazil, no Rio de Janeiro, na categoria...

Helcio Perillo termina seletiva em 1º e vai disputar vaga no Pan-Americano

Num fim de semana espetacular, o goiano Helcio Perillo encerrou a seletiva brasileira no Tiro com Arco Paralímpico W1 masculino em primeiro...
Anúncio