0% contra 100%: Goiás faz confronto de opostos no 2º turno diante do Botafogo

Arte: Matheus Alves Nogueira/Esporte Goiano.
Anúncios

O Goiás vai até o Rio de Janeiro nesta quarta-feira (09) para tentar a 5ª vitória seguida na Série A. A suposta vítima da vez é o Botafogo. E a partida será no Estádio Nilton Santos, na capital fluminense, às 19h15. Por sua vez, o Glorioso tem comandante novo na área. Bruno Lazaroni comandará o time interinamente após demissão de Eduardo Barroca.

O jogo marca totalmente uma disputa de opostos. De um lado, o esmeraldino, que ganhou os quatro confrontos do segundo turno até aqui: Fluminense, por 3 a 1, além de São Paulo, Cruzeiro e Ceará, todas por 1 a 0. No outro extremo, o pior do returno. O Botafogo perdeu as quatro partidas recentes no Brasileiro. Os revezes foram para São Paulo (2 a 1), Bahia (2 a 0), Fortaleza (1 a 0) e Fluminense (1 a 0). São seis gols sofridos e apenas um feito nos últimos quatro jogos. Barroca foi o responsabilizado pela sequência negativa e foi demitido antes de pegar o Goiás.

Mais do Verdão
-> Libertadores? Ney Franco comenta possibilidade
-> Esmeraldino costuma enfrentar técnicos estreantes

Escalações

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Podemos dizer que o Verdão saiu literalmente zerado após a vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, no Castelão. Além do time não sofrer gols, nenhum jogador esmeraldino foi advertido com cartão amarelo no confronto. Até por isso, Ney Franco não tem maiores problemas para o embate com o Botafogo. Com isso, o treinador do Goiás deve repetir a escalação dos titulares que venceram o Vozão no último domingo (06).

Para Lazaroni, além da fase ruim da equipe, a dor de cabeça para escalar será bem maior. Da defesa considerada titular, apenas o zagueiro Gabriel está apto para o jogo. O goleiro Gatito (Paraguai) e o lateral-direito Marcinho (Brasil) estão defendendo suas respectivas seleções. O lateral-esquerdo Gilson e o zagueiro Joel Carli estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, Diego Cavalieri, Fernando, Marcelo e Lucas Barros ganham oportunidade contra o Goiás.

Porém, o problema não é só defensivo. O volante Alex Santana, principal válvula de escape do Botafogo no meio-campo, segue no Departamento Médico e não joga. Gustavo Bochecha será mantido. No ataque, Rodrigo Pimpão deve ganhar outra chance entre os 11 iniciais em detrimento de Vinicius Tanque, ex-atacante do Atlético Goianiense em 2018.

Retrospecto entre Goiás e Botafogo

O Goiás venceu exatamente metade dos jogos que disputou contra o Fogão. Dos 45 confrontos na história, o esmeraldino venceu 23. Foram 14 triunfos do Glorioso e apenas oito empates. O Verdão marcou 75 gols no duelo e o Botafogo, por sua vez, 62. No primeiro turno, na 5ª rodada, vitória do Goiás por 1 a 0 – gol de Kayke, que se desligou do clube para ir ao futebol do Catar.

Ficha técnica
Botafogo x Goiás – 24ª rodada da Série A
Data: 09 de outubro de 2019
Horário: 19h15
Local: Estádio Nilton Santos; Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)
Auxiliares: Hélton Nunes (SC) e Éder Alexandre (SC)
Botafogo: Diego Cavalieri; Fernando, Marcelo, Gabriel e Lucas Barros; Cícero, Bochecha e João Paulo; Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando e Diego Souza
Técnico: Bruno Lazaroni
Goiás: Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto Júnior, Yago Felipe e Léo Sena; Michael, Rafael Moura e Leandro Barcia
Técnico: Ney Franco

Conheça os maiores apoiadores do site Esporte Goiano: WB Companies e Connect Media.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE