Campeão por frações de segundo, Buchecha revela segredos da vitória

Foto: Willian Rommel/Esporte Goiano
Anúncios

As provas do último final de semana no Autódromo de Goiânia, pelo Goiás Superbike e o Brasileiro de Motovelocidade, deixaram o público prendendo a respiração, especialmente na categoria 300cc Master, vencida por Josué Ferreira, o Buchecha, por apenas dois milésimos de segundo.

A briga do piloto foi acirradíssima com Elton Nunes. No fim, o experiente corredor fechou a prova com 21’19”150 contra 21’19’152 do adversário. Segundo Buchecha, a experiência e a troca de marchas foram fundamentais para a vitória apertada.

– A briga foi intensa desde a primeira volta. Tive que dar o sangue. Todos correram muito. Devo parabenizar todos os pilotos que participaram. O nível está muito alto. Foi uma ótima corrida. É o pulo do gato. Trocamos de marcha e coloquei a quinta e a sexta marcha antes dele. Essa foi a diferença – destacou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja a galeria de fotos da etapa do Goiás SBK e Brasileiro de Motovelocidade

Durante a semana, Buchecha havia exposto o desejo de baixar de 40 segundos por volta, mas não conseguiu o feito durante a prova. Segundo o piloto, no entanto, por estratégia, ele sequer buscou atingir a marca no cronômetro.

– Nós largamos junto com o pessoal da Sport. Se eu fosse tentar melhorar esse tempo, acabaria entrando na briga deles. A gente vai na experiência, levando a corrida de acordo com o tipo de jogo. Fiquei na casa dos 45 segundos e deu pra ganhar – explicou.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE