5.6 C
New York
quinta-feira, abril 25, 2024
InícioFutebolAtléticoAtlético derrota o Anápolis e volta a vencer no Goianão

Atlético derrota o Anápolis e volta a vencer no Goianão

O Atlético voltou a vencer no Campeonato Goiano. Depois de três jogos, o time comandado pelo técnico Jair Ventura se reencontrou com a vitória. Jogando no Estádio Antônio Accioly, o Dragão bateu o Anápolis por 2 a 1, na noite desta quinta-feira (1). Guilherme Romão e Luiz Fernando fizeram os gols rubro-negros e Marcão descontou para os visitantes, na partida fechou a quinta rodada do Goianão.

Com o resultado, o Rubro-Negro chega aos sete pontos conquistados e volta ao G8, ocupando a sétima colocação. Já o Galo da Comarca permanece em décimo, com quatro pontos, apenas dois à frente do Crac, primeiro clube dentro do Z2. Na próxima rodada, o Anápolis recebe a Aparecidense, domingo (4), às 15h30, no Jonas Duarte, enquanto que o Atlético fecha a sexta rodada, na segunda-feira (5), às 19h30, contra o Iporá, no Accioly.

Mais do Goianão
Confira a classificação atualizada e a tabela completa do Goianão 2024
Vila Nova derrota a Aparecidense e mantém a liderança do Goianão

- Anúncio -

O jogo

A partida começou com o Atlético pressionando o Anápolis desde os primeiros minutos. Aos três, o zagueiro Adriano Martins aproveitou um cruzamento de Luiz Fernando, pela direita, e finalizou, colocando o goleiro Wellerson para trabalhar. Mas seria outro defensor que balançaria as redes do Galo da Comarca. Dois minutos mais tarde, Guilherme Romão aproveitou um rebote e não desperdiçou. Dentro da área, mandou para o fundo do gol.

Perto dos 30 minutos, o atacante Vagner Love perdeu uma chance incrível de ampliar a vantagem rubro-negra. A defesa do Anápolis vacilou e, ao tentar sair jogando, deu de presente para Luiz Fernando, que percebeu a presença do camisa 9 no meio da área e rolou para ele. Sem marcação, o Artilheiro do Amor chutou por cima da meta do Galo da Comarca e ficou se lamentando. 

No finalzinho da primeira etapa, o Galo da Comarca apareceu com perigo pela primeira vez. Na marca de 43 minutos, o atacante Matheus Lagoa, em jogada individual, partiu pela direita, entrou na área, driblou a marcação atleticana e finalizou. O goleiro Ronaldo espalmou e evitou o empate. Na sequência, a arbitragem parou o lance e flagrou um impedimento no ataque do Anápolis.

Na volta do intervalo, as duas equipes vieram com tudo. O Galo teve duas boas oportunidades para empatar. No primeiro minuto, com Douglas. Depois, no minuto seguinte, Matheus Lagoa parou em Ronaldo. Mas seria do Atlético a chance mais inacreditável. Aos três, Luiz Fernando parte em velocidade e, quando ficou de frente para o gol, mandou para fora. Aos sete, Maguinho chutou cruzado e também não conseguiu marcar.

Na reta final do duelo, o Dragão seguiu atacando. E o segundo quase veio em três chances. Na marca de 32, Daniel recebeu na ponta direita e finalizou. Wellerson espalmou e mandou para escanteio. Aos 35, foi a vez de Zuleta, de fora da área, mandar o pé da trave. Depois, aos 40, Daniel apareceu outra vez. Desta vez, ele aproveitou um rebote e encheu o pé, mas a finalização passou à direita da meta do Galo e saiu para fora.

Aos 45, Luiz Fernando recebeu de Rhaldney e, de fora da área, chutou colocado e marcou o segundo do Atlético. Quando o 2 a 0 parecia ser o resultado definitivo, Maguinho colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou a penalidade máxima. O atacante Marcão, ídolo do Dragão, foi para a cobrança e não desperdiçou. Mandou para o gol e decretou o resultado final do confronto.

Ficha técnica
Atlético 2×1 Anápolis
5ª rodada do Goianão
Data: 1 de fevereiro de 2024
Horário: 19h30
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia

Árbitro: Jean Carlos Narciso
Assistentes: Bruno Pires (Fifa) e Leone Carvalho
VAR: Jefferson Ferreira
AVAR: Fabrício Vilarinho (Fifa)

Gols: Guilherme Romão (5’/1T) e Luiz Fernando (45’/2T) – ACG; Marcão (52’/2T) – ANA

Atlético: Ronaldo; Bruno Tubarão (Maguinho), Adriano Martins Alix e Guilherme Romão; Roni (Rhaldney), Gabriel Baralhas (Thiago Medeiros) e Shaylon (Thayllon); Mateo Zuleta, Vagner Love (Daniel) e Luiz Fernando. 
Técnico: Jair Ventura

Anápolis: Wellerson; Fábio, Felipe Chaves, André e Léo Azevedo; Júlio César (Vicente), Kevyn e Paulinho; Matheus Lagoa (Adriano Klein), Gonzalo (Marcão) e Douglas (Iago Martins).
Técnico: Luiz Carlos Winck

Acompanhe o EG também nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Youtube.
Breno Modesto
Formado em jornalismo na PUC-GO. Goianesiense. Ex-assessor do Atlético Goianiense, além de colecionar trabalhos no jornal O Popular, "O Hoje" e Esporte Goiano. Atualmente, colaborador do projeto Futebol de Goyaz e repórter do EG.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P