5.6 C
New York
quarta-feira, agosto 4, 2021
Início Futebol Atlético Após derrota, Adson rasga críticas à CBF: "se ela quiser prejudicar o...

Após derrota, Adson rasga críticas à CBF: “se ela quiser prejudicar o Atlético, ela vai ter um problema”

O presidente do Atlético Goianiense, Adson Batista, destacou em entrevista à Rádio Sagres, que o Dragão foi completamente prejudicado pela arbitragem de Dyorgenes José Padovani do Espírito Santo, na derrota por 2×1, para o Cuiabá, na Arena Pantanal, nesta quarta-feira (21).

 

Segundo o dirigente o profissional foi de “quinta categoria”, e ainda por cima afirmou que a CBF está com má intenções com o Atlético, que é um “time emergente que incomoda” muitos do Brasil, escalando uma arbitragem “várzea”.

Adson ainda afirmou que irá procurar todas as medidas possíveis para mudar tal panorama, que segundo o mesmo, vem prejudicando o time a cada rodada e defendeu a criação de uma liga independente. 

Mais Dragão:
Veja como foi a derrota para o Cuiabá 

– Com toda a sinceridade, hoje colocaram um árbitro aqui que não tem capacidade de apitar jogo nenhum. Ele irritou todos e acabou com o jogo, já imaginou um jogo desse transmitido para fora do país, o povo vai rir. Foi um trapalhão, troca cartão, inverte falta e conseguiu acabar com a gente em cinco minutos de jogo. Eu desconfio que na CBF tem algo maior nisso ai, jogo do Atlético só apita árbitro de quinta categoria, não vem um FIFA, não vem um árbitro de verdade. Problema que vem um árbitro do Espírito Santo que nem futebol existe, um cara totalmente desequilibrado e sem noção de nada, todo cagado. Nós temos que ter urgentemente uma liga, para ter uma seriedade, porque as coisas não estão sérias, colocar um árbitro desse para apitar um jogo desse profissional, é um absurdo.

Segundo Adson, a CBF poderia estar de marcação com o clube goiano, visto que é um time emergente no cenário nacional, e não defende A ou B. Destacando tal situação, o presidente garantiu que irá procurar soluções conta a entidade, e se caso ela realmente quiser “prejudicar” o clube, “vai ter um problema profundo.”

– O quarto árbitro é um banana, o presidente da federação do Mato Grosso é o dono do Cuiabá, então tem conflitos de interesse. A CBF se ela quiser prejudicar o Atlético, ela pode ter certeza, que ela vai ter um problema profundo. Ninguém vai me calar, hoje esse jogo contra o Cuiabá, foi uma partida para poder tirar muitas preocupações, porque realmente, esse árbitro veio aqui para acabar com o jogo. Tá muito claro que o Atlético está incomodando , somos um time emergente, estamos buscando o espaço no futebol brasileiro e isso tá incomodando. Eu vou procurar tudo o que for possível, há um conflito de interesse, o presidente é um dos donos do clube, são gente do bem, mas há conflito, colocam um banana do quarto árbitro daqui para desestabilizar todo mundo. Isso aqui foi uma várzea, e fomos muito prejudicados, jogaram fora nossa estratégia, que era jogar de igual para igual e isso não aconteceu. 

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Willian Rommel
Jornalista formado na UFG. Pós graduado em jornalismo esportivo pela faculdade Estácio. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, na Rádio Difusora 640 AM, Bandeirantes Goiânia, Diário de Goiás e na TV UFG. Atualmente é Repórter do site Esporte Goiano.
Anúncio

Últimas

Volante retorna e Goiás não terá desfalques contra o Coritiba

O volante Breno cumpriu suspensão automática na rodada passada, contra o Operário/PR, e volta a ficar à disposição do técnico Marcelo Cabo,...

Apesar de eliminação do Brasil no handebol, goiano Léo Dutra se destacou nas Olimpíadas

O Brasil foi eliminado na primeira fase do handebol masculino nas Olimpíadas de Tóquio. Apesar disso, o goiano Léo Dutra se destacou....

Campeão por Caldas Novas e Grêmio Anápolis, Zé Uilton Silva brilha em Portugal

Destaque desde a infância em Itapitanga (BA), o atacante José Uilton Silva teve uma longa carreira em equipes do interior goiano. Hoje...

Tabela da Taça Brasil de futsal feminino – Temporada 2021

Confira a tabela completa e sempre atualizada da Taça Brasil de futsal feminino 2021. São treze clubes participantes, divididos em três grupos. Os confrontos são disputados no Ginásio Dolivar Lavarda (Patão), em Pato Branco/PR. O Clube Campestre de Rio Verde é o representante goiano. 

Copa Caldas de Basquete detalha programação com disputas no masculino e feminino

A edição 2021 da Copa Caldas de Basquete será realizada entre os 13 e 15 de agosto, em Caldas Novas. A competição terá...
Anúncio