5.6 C
New York
terça-feira, outubro 26, 2021
Início Futebol Atlético Adson se preocupa com Z-4 e questiona trabalho de Barroca: "caindo de...

Adson se preocupa com Z-4 e questiona trabalho de Barroca: “caindo de produção”

O presidente do Atlético Goianiense, Adson Batista, destacou em entrevista à Rádio Sagres, após a derrota para São Paulo, neste domingo (19), por 2×1, no Morumbi, que o trabalho de Barroca não vem agradando-o. Segundo o dirigente o Atlético está precisando de mais ousadia em campo, e vontade de querer vencer os seus duelos. 

 

Com isso a preocupação com o Z-4, a cada rodada que se passa, vai sendo algo mais concreto segundo o presidente. Adson destacou que o Dragão perdeu muitos pontos em casa para equipes “do nosso tamanho”, e isso agora irá fazer falta na reta final da competição. O presidente ainda não descartou uma possível troca de técnico. 

- Anúncio -

Mais do Dragão
Veja como foi a derrota para o São Paulo 

– O Futebol é resultado, nós precisamos encontrar as vitórias, precisamos ganhar os jogos, nós não podemos viver só de empates. Evidente que alguns nós temos que comemorar muito, e contra o São Paulo seria muito importante, mas precisamos vencer. Nós precisamos entender que ninguém tem cadeira cativa, precisamos ser ousados, ter coragem, e entrar pensando em ter uma atitude diferente. Não soubemos explorar o momento que o São Paulo vive, que apesar de ser uma grande equipe, vive num momento pressionado, e em nenhum momento fizemos valer essa pressão que eles vivem, e temos que entrar com pensamento de ganhar o jogo, ser ousado. 

Além das críticas ao treinador e a postura do Atlético em campo, Adson ainda afirmou que há alguns jogadores que precisam melhorar a sua parte física, fora dos gramados. Segundo o dirigente o Dragão vem tendo sérios problemas na questão do físico durante os seus jogos.;

– Infelizmente nós poderíamos ter um campeonato muito mais tranquilo, mas nos últimos jogos, dentro de casa, não fizemos valer o mando de campo, tivemos muitas dificuldades e dentro disso, com essa sequência de empates, contra as equipes do nosso tamanho, foi péssimo para nós. Estamos jogando pressionados, estamos vendo a zona de rebaixamento ficar próxima, agora temos que conviver com isso, estamos caindo de produção na hora errada. É um momento que preocupa muito, caímos até fisicamente, alguns jogadores precisam melhorar mais também fora de campo, vamos ter uma cobrança próxima com eles. 

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Willian Rommel
Jornalista formado na UFG. Pós graduado em jornalismo esportivo pela faculdade Estácio. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, na Rádio Difusora 640 AM, Bandeirantes Goiânia, Diário de Goiás e na TV UFG. Atualmente é Repórter do site Esporte Goiano.
Anúncio

Últimas

3º Camping de Taekwondo será realizado no final de semana em Aparecida de Goiânia

A Federação Goiana de Taekwondo (FGTDK) realiza no fim de semana (30 e 31) o 3º Camping de Taekwondo. O evento será...

Após terceira derrota, América de Morrinhos demite técnico Dário Lourenço

O América de Morrinhos anunciou a saída do técnico Dário Lourenço na tarde desta terça-feira (26). O experiente treinador deixa o clube...

Ex-Vila Nova e Iporá, Anderson Cavalo vai disputar a Divisão de Acesso

O atacante, Anderson Cavalo, de 35 anos, irá disputar a divisão de acesso pelo Morrinhos. A equipe acertou a contratação do atleta...

Goiânia Rednecks anuncia Isaiah Piérre como reforço para 2021

O Goiânia Rednecks anunciou nos últimos dias a contratação de mais um estrangeiro. Trata-se de Isaiah Piérre, que jogou pelo Mustangs, San...

Vilson Taddei evita euforia na Anapolina, mas destaca aumento de confiança no elenco

O técnico da Anapolina, Vilson Taddei, em entrevista concedida à FGF TV, afirmou que não é hora de ter clima de euforia,...
Anúncio