Adson mostra confiança em decisão favorável à retomada de treinamentos

Foto: Paulo Marcos/Atlético CG
Anúncios

O presidente do Atlético, Adson Batista, afirmou que está confiante em um parecer favorável do Comitê de Operações de Emergência (COE) ao pedido dos clubes de retorno aos treinamentos. O colegiado se reúne nesta quarta-feira (27) e analisará a requisição.

Segundo o mandatário rubro-negro, a reunião de terça-feira (26), com o governador Ronaldo Caiado, foi positiva na medida em que os clubes puderam expor seus pontos e ouvir posições contrárias. A avaliação de Adson é que deve haver um aval do COE.

– Estou confiante porque o governador tem a palavra final. Ele é médico, uma pessoa sensata e conversou com outras pessoas que defendem o mesmo pensamento meu, como é o caso do Landim (Rodolfo, presidente do Flamengo). Vejo que tiveram muitas opiniões positivas, pessoas que defenderam opiniões contrárias e cada um tem sua opinião. Eu quero a volta dos treinamentos, não estamos discutindo a volta dos jogos porque isso é mais para frente. Temos que respeitar as pessoas que pensam diferente – disse em entrevista à Rádio Sagres.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais sobre a volta dos treinos
Goiás que volta somente com aval de autoridades
Reunião de ontem foi quente, com divergências entre dirigentes

Sobre o embate de posições com Marcelo Almeida, presidente do rival Goiás, Adson contemporizou. O mandatário do Atlético afirmou que expôs sua posição, que é diferente da apresentada pelo dirigente do Verdão.

– Eu defendo o Atlético, ele defende o Goiás. Ele pensa diferente de mim e eu tenho que defender. O Marcelo estava buscando colocar uma convergência na opinião dele e eu não posso aceitar. Foi uma situação até acalorada, mas faz parte da democracia. Não vou levar mágoa para lugar nenhum, só quero respeito ao Atlético e a minha pessoa, porque vou respeitar o Goiás e a pessoa dele – afirmou.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE