Com boa atuação de Alan Mineiro, Vila vence o Goiás e se aproxima do G4

Foto: Douglas Monteiro/VNFC
Anúncios

Na tarde deste sábado, 25, o Vila Nova encarou o Goiás em clássico de torcida única no estádio Serra Dourada, e venceu pelo placar de 3 a 0, partida válida pela 23ª rodada do Brasileiro da Série B. Os gols do Tigre foram marcados por Alan Mineiro, Alex Henrique e Hélder.

Confira como foi em tempo real!

Com o resultado, o colorado goiano fica em 7º lugar na classificação geral, 35 pontos ganhos. O Verde é 5º, 36 pontos conquistados. Na próxima rodada, sexta, 31, o Vila encara a Ponte Preta, às 21h30, no Moisés Lucarelli. No sábado, 1º, o Goiás recebe no Olímpico o Fortaleza, às 19h.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

GEC desperdiça chances, Vila é eficiente e abre o placar

O Vila começou aceso, e logo a um minuto de jogo, mostrou as caras. Alan Mineiro chuta de longe, à direita da trave de Marcos. Mesmo com a tentativa, o colorado buscou a iniciativa do jogo, mas errando muitos passes, principalmente o chamado ‘último’. O GEC, mais tranquilo na partida, seguiu com a defesa bem postada.

Numa tentativa do Tigre aos 18, Alex Henrique cabeceou, a bola desviou e Marcos estava atento para a defesa. Na pressão do seu torcedor, o Vila adiantou mais o time e começou a atuar do meio-campo para frente. Aos 22, Vinícius Leite arriscou da esquerda, cruzado, e Marcos foi bem para encaixar o chute forte. O duelo então ficou marcado por muitas faltas e discussões, travado até quase no fim do primeiro tempo.

Para dar emoção, numa boa jogada individual, aos 42 minutos Michael quase abriu o placar. O atacante fez boa jogada pelo meio, bateu no canto direito de Pasinato, que tirou na ponta dos dedos. Na sequência, aos 46, mais Goiás. O mesmo Michael, de longe, chutou, surpreendeu Pasinato, que tirou a bola no ângulo.

Parecia que a igualdade encerraria a etapa inicial, mas não aconteceu. Como resposta, aos 47, veio o tento do Tigre. Alan Mineiro, da entrada da área, chutou forte, Marcos aceitou e a bola entrou. 1 a 0 Vila no primeiro tempo.

Tigre faz mais dois e goleia o rival

Mais de 10 mil torcedores do Vila no clássico de torcida única. Foto: Vitor Monteiro – Esporte Goiano

O colorado seguiu jogando bem e, logo aos 6 minutos, levou perigo. Após falta, Alan tocou para Mateus Anderson, que bateu cruzado, à direita de Marcos. O Verde tentou responder após bom cruzamento de Cajá aos 10, mas Lucão tentou desviar de bico e pegou mal. Não demorou muito para o Vila fazer o segundo gol. Pressionando pelo meio, fez uma boa jogada que terminou numa finalização que Marcos defendeu.

Mas em seguida, aos 15, veio o tento. Alan Mineiro fez belo lançamento para Mateus Anderson, ele cruzou para Alex Henrique que, sozinho, só empurrou para as redes. 2 a 0 Vila. O colorado diminuiu o ritmo do jogo e se resguardou. O técnico Ney Franco colocou Rafinha no jogo para melhorar o ataque alviverde. Aos 33 minutos, o esmeraldino perdeu uma grande chance de descontar.

Após a bola sobrar na área, Alex Silva, já com o goleiro rendido, girou e chutou caído e mandou para fora. Percebendo o bom momento do Verde no duelo, o Vila intensificou suas jogadas e, numa linda tabela de Alan Mineiro com Léo Itaperuna, isso aos 38, saiu o terceiro gol. Léo cruzou para Hélder que só mandou para as redes. No minuto seguinte, Maguinho cometeu falta em Michael, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. No entanto, a festa colorada estava garantida: 3 x 0 no grande rival.

Ficha Técnica
Vila Nova 3×0 Goiás – 23ª rodada da Série B
Data: 25 de agosto de 2018
Horário: 16h30
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia
Público: 9.364 pagantes
Público total: 10.780
Renda: R$ 110.895,00
Árbitro: Anderson Daronco/RS (FIFA)
Assistentes: Rafael da Silva Alves/RS e Jorge Eduardo Bernardi/RS
Cartões amarelos: Wesley Matos e Maguinho (VIL)
Cartão vermelho: Maguinho (VIL)
Gols: Alan Mineiro 47′ 1T, Alex Henrique 15′ 2T e Hélder 38′ 2T (VIL)
Vila Nova: Mateus Pasinato; Maguinho, Wesley Matos, Diego Giaretta e Gastón; Heitor, Moacir e Alan Mineiro (Anderson Luis); Mateus Anderson (Léo Itaperuna), Vinícius Leite (Hélder) e Alex Henrique.
Técnico: Hemerson Maria
Goiás: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos, David Duarte e Ernandes; Gilberto Júnior, Giovanni (Maranhão) e Renato Cajá (Júnior Viçosa); Michael, Lucão e Felipe Gedoz (Rafinha).
Técnico: Ney Franco

Comentários

comentários

PUBLICIDADE