Vila Nova busca renovação com Erick, destaque na Copa São Paulo

Anúncios
(Foto: Vitor Monteiro/Esporte Goiano) – Todos direitos reservados

O Vila Nova foi eliminado na primeira fase da Copa São Paulo de Juniores 2019. Mesmo assim, Erick se destacou bastante e chamou atenção de torcedores, imprensa e de outros clubes. O atacante de 18 anos, que marcou quatro gols no torneio, tem contrato com o colorado até o fim de abril.

-> Jovem comemorou desempenho individual no torneio. Confira!

Em entrevista exclusiva ao Esporte Goiano, Roberto Oliveira, coordenador da base colorada, admitiu a vontade do Tigre em permanecer com o jovem e deu detalhes da conversa que teve com o atleta.

“Primeiro que o Erick tem contrato e tem de estar no Vila, pelo menos, até dia 30 de abril. Logicamente o Vila tem interesse de mantê-lo. Eu mostrei para ele, em uma conversa, que se sair, vai para um ambiente desconhecido. Aqui teremos mais paciência, mesmo que em um primeiro momento vá passar por uma adaptação para a equipe profissional. Aqui todos conhecemos o potencial dele e podemos ter mais calma. Se sair, a cobrança vai ser imediata”.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Mostrei o lado do atleta, de quem já esteve dentro de campo, então tomara que ele entenda essa mensagem. O Vila vai fazer a proposta. Se não quiser aceitar, é dele (a decisão). Coloquei para ele que, quando foi dispensado do Cruzeiro, saiu de cabeça baixa e o Vila abriu as portas, deu essa oportunidade e é hora de retribuir. É um jogador novo, que poderá fazer um contrato de dois, três anos, que é o máximo que se pode, e terá a oportunidade de jogar em uma grande equipe. Para sair daqui, terá de ir para um time de Série A, no mínimo, e ganhar bem mais do que podemos oferecer. Se for sensato, pensar na facilidade de subir, da questão de terem paciência, ele fica com o Vila”.

Olho na base e resposta aos críticos

Questionado sobre outros atletas, Roberto Oliveira explicou que todos têm vínculos por mais dois anos. Além disso, respondeu as críticas de que o clube deveria ter antecipado a renovação do jovem atacante antes da competição.

“Prorrogamos contrato do Sávio, do Léo (goleiro) e os outros têm contratos até 2020. O Renan tem contrato até 2020 também. O Erick foi um caso excepcional, pois não vinha fazendo uma boa temporada (2018), assim como toda equipe. Vínhamos acompanhando, principalmente a partir de setembro (quando assumiram)”.

“As pessoas que falam que o Vila bobeou são as mesmas que nos chamariam de idiota se tivéssemos feito contrato de dois anos e ele não tivesse jogado. Futebol é assim, é dinâmico. Então temos de trabalhar para procurar mantê-lo e, se não acontecer, a função da base é procurar outros atletas que possam servir ao time profissional”.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE