Tribunal reduz punição, e Goiás poderá ter torcida contra Juventude

Foto: Comunicação/Goiás EC
Anúncios

O Goiás conseguiu uma vitória jurídica nesta quinta-feira (14). O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou o recurso interposto pelo jurídico esmeraldino e reduziu a pena, que era de dois jogos com portões fechados e multa de R$ 50 mil por conta das confusões na arquibancada contra o Vila Nova.

A pena foi reduzida para uma partida sem torcida, já cumprida contra o Boa Esporte. A multa também caiu de R$ 50 mil para R$ 25 mil. Outras medidas, porém, foram adotadas pelo STJD. Nos próximos três jogos do Alviverde como mandante (contra Juventude, CRB e Criciúma), a torcida organizada não poderá ir ao estádio.

Mais: Carlos Eduardo comemora recuperação na Série B

Nos dois próximos compromissos do Goiás longe de Goiânia também não haverá carga de ingressos destinada aos esmeraldinos. Nos duelos contra Avaí e Sampaio Corrêa, portanto, os torcedores do Verdão não poderão comparecer.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A vitória no tribunal foi comemorada pela direção, que planeja receber um bom público nos jogos contra Juventude e CRB. O Verde vem de duas vitórias seguidas e tenta iniciar uma arrancada na Série B. Para a partida de quinta (21), diante dos gaúchos, deve haver uma promoção de ingressos.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE