Thiaguinho supera lesões e coroa volta por cima na carreira com título

Anúncios

O Caldas/Corumbaíba surpreendeu adversários e conquistou o título do Campeonato Goiano masculino de futsal 2017. O time foi formado em uma parceria do Caldas Novas Futsal com a prefeitura de Corumbaíba (e a Italac). O elenco foi composto por atletas de Minas Gerais, como o pivô Jeferson e o artilheiro Isaías, e atletas da cidade, como Thiaguinho.

Clique para saber como foi a decisão!

Aos 27 anos, Thiago Gonçalves foi um dos principais responsáveis pela equipe. Atleta do treinador Eliton Queixinho desde os 8 anos de idade, foi capitão dentro de quadra e um líder fora das quatro linhas, ajudando na montagem do plantel. O camisa 8 admitiu que a expectativa do clube foi superada. “Superou nosso objetivo, que era chegar nas semifinais”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Se meus joelhos não doessem mais”

O trecho da música Pescador de Ilusões, de O Rappa, tem um significado especial para Thiaguinho. Isso porque o jogador conseguiu retomar a carreira após quatro cirurgias no joelho. “Engordei 13 quilos. A maioria não sabe da minha luta e eu sigo jogando porque gosto mesmo”, revelou.

O título de 2017 foi o segundo estadual de Thiago, que já tinha levado a taça em 2009, defendendo o Rio Verde, na companhia do então atleta Camarão (hoje treinador da Serp) e do técnico César Paraíba (atual comandante esmeraldino). Entre os muitos clubes que defendeu, estão Shallon e Goiás.

Assista a entrevista do capitão Thiaguinho ao Esporte Goiano:

Comentários

comentários

PUBLICIDADE