Sem vencer há seis jogos, Tadeu aceita críticas da torcida esmeraldina

Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC
Anúncios

No último domingo (11), em pleno Serra Dourada, o Goiás foi derrotado pelo Vasco e chegou a seis jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro. Titular da meta esmeraldina, Tadeu acredita que o revés veio por falta de precisão na hora de finalização e não por falta de intensidade, que, segundo ele, não faltou.

“Acho que não. Nós nos entregamos e nos dedicamos bastante. Então, intensidade não faltou. Estivemos ‘em cima’ deles o tempo todo. Até antes de sofrermos o gol, estávamos tendo as melhores oportunidades. Infelizmente, não estávamos concluindo da melhor maneira, mas estávamos em cima. Depois, eles recuaram. Natural. No segundo tempo, só nossa equipe teve de propor, que se expor. Corremos o risco. Precisamos voltar a vencer. Nosso objetivo é esse. Só assim, as coisas vão voltar a caminhar da melhor maneira possível”, analisou.

Mais do Verdão:
-> Goiás perde quatro titulares e Daniel Guedes preocupa para duelo com Bahia!
-> Léo Sena vê Goiás em situação “preocupante”, mas confia em reação com Ney Franco!

Questionado sobre as críticas que o time vem recebendo da torcida, Tadeu diz que são justas, pois a equipe não vence uma partida há seis rodadas.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Futebol é resultado. Infelizmente. Ninguém vai olhar se o time jogou bem, se correu. Todo mundo vai olhar o resultado. O importante é vencer. Mas fomos nós que demos esse direito do torcedor criticar e cobrar, porque, até a parada (para a Copa América), eles estavam nos apoiando e nos incentivando de uma forma muito participativa, que até fez diferença em jogos que vencemos. Com seis jogos sem vencer, tem mais que cobrar. Se eles não cobrarem, é porque está errado. Se nos cobramos muito aqui dentro, também temos de ser cobrados pelas pessoas de fora. Eles tiveram muita paciência, porque eu acredito que o torcedor viu que a gente se entregou. Mas, sem o resultado, temos de ser cobrados mesmo”, finalizou.

O Goiás volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo (18), quando vai até Salvador para encarar o Bahia, na Arena Fonte Nova, às 16h.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE