Diferente com os pés, Sidão chega ao Goiás para ser líder

Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás E.C.)
Anúncios

O Goiás apresentou oficialmente, na tarde desta quarta-feira (9), o seu novo goleiro para 2019. Trata-se de Sidão, de 36 anos, que chega do São Paulo. O jogador tinha contrato com o tricolor até o fim deste ano, mas rescindiu amigavelmente. Pelo esmeraldino, o vínculo termina em dezembro de 2020 – contrato de dois anos. O experiente goleiro disputará posição com quatro remanescentes. Além de Marcelo Rangel e Marcos, os dois atletas formados no clube: Paulinho e Matheus.

Esmeraldino apresenta Marlone, que busca retomada na carreira!

Sidão se destacou no cenário nacional tardiamente. Em 2016, foi vice-campeão paulista pelo Audax, com 33 anos. A qualidade da saída de bola do arqueiro chamou a atenção, até pelo estilo de jogo do técnico Fernando Diniz. Anteriormente ao sucesso, o goleiro, natural de São Paulo (SP), passou por equipes do interior paulista. Rio Claro, Guaratinguetá e Barueri foram alguns dos times.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A característica de jogo com os pés é apontada pelo próprio atleta como um diferencial nos últimos tempos para a rápida ascensão na carreira.

 “Com o time do Audax tive a maior crescida, fazendo o trabalho de jogar com os pés. Acredito que o Rogério (Ceni) tenha me levado para o São Paulo por ter essa característica. O futebol está evoluindo para isso. Que o goleiro seja cada vez mais usado para a construção de jogadas. Quero usar isso e fazer história para ser campeão no Goiás. É minha meta”, opinou Sidão.

Em 2016, o experiente jogador se transferiu para o Botafogo onde chegou a desbancar o ídolo Jefferson. Entre 2017 e 2018, foram mais de 70 jogos pelo São Paulo. No time do Morumbi, o goleiro alternou bons e maus momentos, e saiu em baixa com a torcida.

Agora no esmeraldino, o arqueiro se impressionou com a estrutura apresentada pelo alviverde. “Me sinto honrado de vestir a camisa do Goiás. Tem tradição no futebol brasileiro. Conhecendo a estrutura do clube, o Goiás não merece participar de Série B. Merece e tem que jogar sempre a Série A”, disse logo no primeiro pronunciamento.

O ambiente físico agradou Sidão, mas também a recepção de jogadores, comissão técnica e diretoria chamou a atenção do novo goleiro. “Eu encontrei um ambiente muito favorável. Uma rapaziada que fez um ótimo trabalho no ano passado, colocando o Goiás na Série A. Fui muito bem recebido por todos eles, pessoal do staff e diretoria. Estou totalmente adaptado e trabalhando firme na pré-temporada. Praticamente em dois períodos todos os dias para chegar voando nesse ano”, completou.

Com 36 anos, o experiente arqueiro chega também para ser um líder nato dentro e fora de campo pelo Goiás, algo tão cobrado pelo técnico Ney Franco na temporada passada. “É uma característica minha (orientar os companheiros em campo). Já ouvi até alguns colegas falando que sou chato, cobro o tempo todo. Dentro de campo, meus companheiros vão ter um cara que sempre vai orientar, incentivar e jogar o time pra cima. Essa liderança positiva é o que mais nos favorece”, decretou Sidão.

O Goiás estreia no Campeonato Goiano no dia 20, quando encara o Goiânia, às 17h, no Estádio Serra Dourada.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE