5.6 C
New York
domingo, fevereiro 25, 2024
InícioBlogsNa memóriaNúmeros: Equilíbrio é marca do clássico Atlético x Goiás no Olímpico

Números: Equilíbrio é marca do clássico Atlético x Goiás no Olímpico

No domingo (16), às 16 horas, o Estádio Olímpico receberá o primeiro clássico Atlético x Goiás da temporada 2020. No total, as equipes vão se enfrentar, pelo menos, quatro vezes neste ano: duas vezes pelo Campeonato Goiano e duas pela Série A do Campeonato Brasileiro. Com os seus estádios (Antônio Accioly e Serrinha) em reformas, os dois clubes adotaram a praça esportiva do centro da capital como casa.

Mais do clássico:
Confira a tabela atualizada do estadual 2020
Se ligue no preço dos ingressos para o clássico
Goiás deve ter retorno de meio-campista e estreia de atacante

Desde a reinauguração do Estádio Olímpico, em agosto de 2016, Atlético e Goiás já duelaram em quatro oportunidades no centro de Goiânia, com dois triunfos rubro-negros e duas vitórias esmeraldinas. Vamos relembrar os confrontos!

Viradas esmeraldinas

- Anúncio -

Em 2018, Atlético e Goiás disputaram o clássico no turno e returno da Série B do Brasileirão, no Estádio Olímpico. Naquela temporada, o Esmeraldino era comandado por Ney Franco e o Dragão por Cláudio Tencati.

O primeiro duelo, válido pela 8ª rodada da Série B de 2018, terminou com vitória do Goiás pelo placar de 3 a 1. O Dragão saiu na frente com gol do atacante Júnior Brandão, logo aos 5 minutos do primeiro tempo. Porém, o Verdão empatou com Felipe Gedoz aos 16 minutos da etapa inicial e virou com dois gols de Lucão do Break aos 15 e aos 46 minutos do segundo tempo.

O segundo duelo de 2018 aconteceu na 27ª rodada da Série B, com o Goiás levando a melhor em mais um clássico contra o Atlético. Assim como havia sido  no primeiro turno, o Rubro-Negro saiu na frente com João Paulo, após um belo chute de fora da área aos 6 minutos de partida. No entanto, o Esmeraldino empatou com Michael aos 31 minutos do primeiro tempo e virou com Lucão do Break aos 6 da etapa complementar.

Festa rubro-negra

Após disputarem os confrontos da primeira fase nos seus estádios particulares, as finais do Goianão 2019 foram realizadas no Estádio Olímpico. Na época, o Dragão era comandado por Wagner Lopes e Maurício Barbieri era o treinador alviverde.

O primeiro jogo da final terminou com vitória rubro-negra pelo placar de 3 a 0. A goleada do Dragão foi começou a ser construída aos 10 minutos da etapa inicial, após Jorginho ser derrubado dentro da área por Rafael Vaz, o árbitro Eduardo Tomaz marcou pênalti. Na cobrança, Gilsinho deslocou Sidão e estufou as redes.

Ainda na etapa inicial, aos 44, Matheus girou na entrada da área e chutou no canto direito de Sidão para marcar o segundo gol rubro-negro. Já na etapa final, aos 46 minutos, após contra-ataque fulminante, Madson marcou o terceiro e fechou o placar em 3 a 0, para o Dragão.

No jogo de volta da final, o Atlético se sagrou campeão goiano, após um hiato de 5 anos. O Dragão venceu o Goiás por 1 a 0, com gol de Matheus, aos 55 minutos da etapa final, para sacramentar o 14º título estadual rubro-negro.

O Esmeraldino buscava seu segundo pentacampeonato na história, perdeu a taça, terminou a competição com o vice-campeonato e, após a partida, demitiu o treinador Maurício Barbieri.

Ildeu Iussef
Jornalista em formação (UFG). Produtor dos Programas Esportivos da Rádio Universitária UFG 870 AM. Amante do Esporte!
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P