Na Memória: Em 2009, Atlético venceu Juventude no RS e voltou à Série A após 23 anos

Foto: Gilmar Gomes.
Anúncios

Assim como neste ano, em 2009 o Atlético buscava o acesso à Série A até o fim da disputa. E naquela temporada conseguiu. Se em 2019 o Dragão depende de outros resultados para cravar o acesso na última rodada, há 10 anos o time goiano já havia garantido a vaga nesta altura do campeonato. Naquela ocasião, o rubro-negro venceu o Juventude, fora de casa, na penúltima rodada, a 37ª da Série B, e confirmou volta à elite após 23 anos.

Mais do Dragão
-> Promoção de ingressos para o Dia D
-> Em 2014, o acesso escapuliu
-> Adson critica vários segmentos do futebol

Aquele 21 de novembro de 2009 entrou para a história do Atlético Clube Goianiense. Era a confirmação da rápida ascensão do clube no cenário nacional após o rubro-negro quase fechar as portas no início do século. A tarde épica de sábado, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, terminou com um placar de 3 a 1 para o Dragão. Agenor, falecido recentemente em um acidente automobilístico, Marcão e Juninho marcaram os gols do acesso.

Como foi o jogo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Estádio Alfredo Jaconi estava abarrotado naquele dia. Lutando contra o rebaixamento, o Juventude ofereceu ingressos a R$ 2 a seu torcedor. Porém, o Dragão não se intimidou. O Papo fez uma pressão inicial, mas o Atlético era forte nos contra-golpes e sempre chegava com muito perigo. Na bola parada, o time goiano chegou ao seu primeiro gol, para desespero do torcedor gaúcho.

Aos 28 minutos da etapa inicial, o volante Róbston chuveirou a bola, na altura da pequena área. Em jogada ensaiada, lá estava Agenor para cabecear para o fundo das redes. Sem chances nenhuma para o goleiro Juninho.

O gran finale do Atlético

No início do segundo tempo, aos 7, o Atlético praticamente sacramentou sua classificação à elite do futebol brasileiro. Walker saiu jogando com desatenção e foi desarmado por Róbston na zona de perigo. O volante lançou na esquerda para Juninho, que tocou para trás. O centroavante Marcão chegou com uma bomba, de fora da área, que morreu no ângulo esquerdo do gol alviverde.

Apenas três minutos mais tarde, o rubro-negro matou a partida. Robston ficou com a bola em rebote e lançou em profundidade na direita para Juninho. O atacante soltou uma bomba cruzada diante do seu xará, que só parou no lado direito da meta do Juventude. Era a classificação do Atlético para a Série A, preciso o tempo todo na partida e atento, ao contrário de seu adversário.

O Papo até diminuiu aos 43 da etapa complementar. Ivo cobrou escanteio no meio da confusão e Marcos Denner cabeceou para superar o goleiro Márcio. Mas era tarde demais. O Atlético estava classificado para a Série A do Campeonato Brasileiro, enquanto o Juventude seria rebaixado para a Série C na rodada seguinte.

Relembre os gols do acesso

Imagens: SporTV/Premiere FC.

Ficha técnica
Juventude 1×3 Atlético – 37ª rodada da Série B 2009
Data: 21 de novembro de 2009
Horário: 17h
Local: Estádio Alfredo Jaconi; Caxias do Sul (RS)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Erich Bandeira e José Pedro da Silva (PE)
Cartões amarelos: Lauro (J); Leandro Amaro, Rafael Cruz, Alysson, Leandro Carvalho e Pituca (A)
Gols: Agenor (28′ do 1º tempo), Marcão (7′ do 2º tempo) e Juninho (10′ do 2º tempo) (A)Marcos Denner (43′ do 2º tempo) (J)
Juventude: Juninho; Da Silva, Douglas e Bruno Teles; Bruno, Walker, Lauro (Tiago Renz), Lopes (Léo Dias) e Ivo; Zezinho e Mendes (Marcos Denner)
Técnico: Ivo Wortmann
Atlético: Márcio; Rafael Cruz (Wesley), Jairo, Leandro Amaro e Alysson; Agenor (Leandro Carvalho), Pituca, Róbston (Ferreira) e Elias; Juninho e Marcão
Técnico: Artur Neto

Comentários

comentários

PUBLICIDADE