“Acreditamos na inocência dele”, afirma Túlio Lustosa com relação ao doping de Daniel Guedes

(Foto: Rosiron Rodrigues/GEC)
Anúncios

A situação do lateral Daniel Guedes, que testou positivo para Higenamina no antidoping diante do CSA, foi comentada por Túlio Lustosa. De acordo com o executivo, a informação partiu do próprio defensor, que entrou em contato com a diretoria logo na reapresentação do elenco, na terça (25). O dirigente do Goiás afirmou que o clube já solicitou uma contra-prova, buscando comprovar a inocência do atleta.

Goiás rompe com fornecedora e irá lançar uniforme com marca própria!

“O Daniel (Guedes) tem sim seu nutricionista particular. Porém todos os suplementos que o atleta toma, ele apresenta ao clube antes de ingerir as substâncias. Nenhuma delas tem Higenamina na prescrição. Não tem outra hipótese a não ser uma suposta contaminação. A única suplementação que ele toma que é dada pelo clube, ele já tomou em outros jogos. Caiu no exame antidoping contra o São Paulo e deu negativo. A substância é uma espécie de termogênico, para queimar gordura, e ele nunca teve problema com isso. Acreditamos na inocência dele”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O dirigente também justificou a situação do jogador com relação aos seus treinamentos. Enquanto um novo exame ainda está em processo para ser feito pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), o lateral seguirá normalmente na inter-temporada do clube neste período de Copa América.

E caso se confirme o doping?

Além do Daniel Guedes, o Goiás conta com outros dois laterais direitos no elenco: Kevin e Yago Rocha. Por esse motivo, Túlio Lustosa descarta a chegada de um reforço para a posição caso o doping seja confirmado na contra-prova.

“Essa hipótese nem passou pela nossa cabeça. Temos três laterais direitos. Não estamos cogitando uma hipótese dessa. Temos uma grande esperança que a contra-prova dê negativo. Ele já relatou para nós, expôs todos os produtos que usa. Nada contém essa substância. Vamos torcer para que dê negativo e tenha sido um equívoco”, afirmou.

O lateral, que está emprestado pelo Santos, atuou em sete partidas do Goiás na Série A desta temporada, sendo seis como titular. A equipe esmeraldina volta a atuar no próximo dia 14, contra o Flamengo, pela competição nacional.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE