Multicampeão, Hugo Hoyama participa de lançamento de espaço de tênis de mesa em Goiânia

Foto: Breno Modesto/Esporte Goiano
Anúncios

Dono de 15 medalhas de Pan-Americano, sendo dez de ouro, o mesa-tenista Hugo Hoyama, de 49 anos, esteve presente em Goiânia nesta quinta-feira (14) para a realização de um evento da modalidade e conversou com o Esporte Goiano. Segundo ele, a mídia precisa “abraçar” mais o esporte, para que haja um crescimento.

“Com certeza, mas também é necessário realizar mais torneios, com mais atletas e premiações. E, quem sabe, criando uma liga de tênis de mesa? Eu sei que não é fácil, pois isso requer patrocínio, mas temos de lutar por isso. Não é por falta de atletas que isso vai deixar de acontecer. Eventos como esse de Goiânia, faz com que a garotada se interesse e comece a participar mais dos campeonatos. E aí, quem sabe, a mídia não possa dar mais apoio para o esporte crescer? Eu tenho certeza de que, crescendo, os títulos também aparecerão. Então, é todo um trabalho em conjunto para que o esporte cresça”, analisou.

Questionado sobre eventuais atletas que possam surgir após o evento, Hugo diz que muitos talentos são desperdiçados por falta de condições, mas que eventos e iniciativas como essas servirão para levar Goiás e Goiânia ao cenário mundial do tênis de mesa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Com certeza. Numa mesa montada para a garotada começar a brincar de ping-pong, eles podem se interessar e querer aprender o esporte. Mas não tem jeito. O garoto sempre vai começar pelo ping-pong e, quando ele quiser colocar efeito na bola, ele vai ter de procurar um clube de tênis de mesa para aprender isso. No Brasil, há muitos talentos e que, às vezes, são desperdiçados porque não têm condições. E aqui, não. Eu tenho certeza de que logo Goiânia e o estado de Goiás terão representantes no cenário mundial”, comentou.

Atleta do Palmeiras por vários anos, Hugo diz que seria fantástico se outras equipes de futebol aderissem à prática da modalidade.

“Com certeza ajudaria muito. A mídia sempre vai atrás dos grandes clubes. Aqui, por exemplo, Goiás, Vila Nova e Atlético tendo equipes de tênis de mesa seria fantástico para o esporte no Estado. Quem sabe? Aqui pode ser o pontapé inicial para isso acontecer”, finalizou.

Valdineis Medeiros

Quem também esteve presente no evento foi o mesa-tenista goiano, Valdineis Medeiros, que não escondeu a felicidade em participar do evento ao lado do consagrado Hugo Hoyama.

“Para mim, é uma honra. Não tenho nem palavras para dizer. Já joguei contra ele (Hugo Hoyama) em campeonatos por diversas vezes, mas eu não esperava fazer essa apresentação ao lado dele”, revelou.

O “Ping Point Dinâmica” funcionará, para uso da comunidade, no Setor Bueno, na avenida T-30, próximo ao Colégio Interamérica, em um terreno cedido pela Dinâmica Engenharia.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE