5.6 C
New York
domingo, fevereiro 25, 2024
InícioMais EsportesAtletismoGoiás tenta medalha no atletismo do Parapan nesta quinta-feira (23)

Goiás tenta medalha no atletismo do Parapan nesta quinta-feira (23)

A agenda dos goianos nesta quinta-feira (23) tem prova que pode render a oitava medalha ao estado nos Jogos Parapan-americanos de Santiago. À tarde, o rio-verdense Rodrigo Parreira, que treina em Uberlândia, comete no salto em distância classe T36 e é favorito ao ouro.


Ele tem como melhor marca na temporada um salto de 5.90, a maior entre os competidores. O principal adversário deve ser o brasileiro Mateus Almeida, com 5.86 em 2023.

Mais do Parapan
Atletas do estado bateram na trave no tiro com arco e atletismo

- Anúncio -

A agenda do dia também tem três goianas em ação no badminton. Depois de perder para a canadense Nicolle Cloetta por 2 a 0 na estreia do simples SH6, Natália Xavier encara a peruana Carmen Giuliana Poveda. Abinaécia Maria da Silva, que caiu no tie-break para a brasileira Kauana Beckenkamp no simples SL3 tenta se reabilitar diante da colombiana Luz Elena Ubaque.

Única das goianas a vencer o primeiro jogo – 2 a 0 sobre a brasileira Danielle Carvalho no simples SL4 – Ana Carolina Reis tenta manter o 100% diante da peruana Jenny Ventocilla. Na quarta-feira, Reis também triunfou pelas duplas mistas SL3-SU5, ao lado de Eugênio Cleto, contra os colombianos Jean Paul Ortiz e Diana Leon.

Também tem ação nesta quinta para Goiás no ciclismo de pista. A prova de contrarrelógio, no Velódromo, tem dois goianos. Victor Luise e Carlos Alberto Gomes tentam o primeiro pódio no individual 1000 metros da classe C1-5. Eles já fizeram essa disputa na estrada e terminaram sem medalhas.

O dia ainda tem Dwan Gomes e Marcos Cândido atuando pela seleção brasileira de basquete em cadeira de rodas. O Brasil perdeu para a Argentina por 62 a 43 nas quartas, com seis pontos de Dwan, e ficou fora da disputa por medalhas. No entanto, os goianos ainda tentam ajudar o país a conquistar o quinto lugar. A adversária é a Venezuela.

Na natação, o único goiano não cai na piscina nesta quinta-feira. Vanilton Nascimento, que já tem um ouro, tinha previsão de competir na quarta-feira, na prova dos 400 metros livre classe S9, mas não o fez. Ele ainda tem no cronograma os 50 metros livre, na sexta-feira (24).

Até aqui, Goiás tem sete medalhas no Jogos Parapan-americanos, a maioria no tênis de mesa, onde os três atletas trouxeram medalhas. Já concluíram a participação em Santiago Rafaela Divina Silva (atletismo), Andrey Castro (Tiro com Arco) e Iranildo Espíndola, Lethicia Lacerda e Thais Severo, todos do tênis de mesa.

Confira as medalhas dos goianos até aqui:

Tênis de mesa
Thais Fraga Severo – bronze no simples feminino classe 1-3; prata nas duplas mistas XD4-7; prata nas duplas femininas WD5-10
Lethicia Lacerda – bronze no simples feminino classe 8; bronze nas duplas femininas WD14-20
Iranildo Espíndola – ouro nas duplas masculinas MD4

Natação
Vanilton do Nascimento – ouro nos 100 metros borboleta S9

Acompanhe o EG também nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Youtube.
Rafael Tomazeti
Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás. Fã de esportes e apaixonado pelo estado de Goiás. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Jornal Diário do Estado, Diário de Goiás e Rádio BandNews.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P