Precisando da vitória, Goiás enfrenta o Sol de América pela Sul-Americana

Arte: Willian Rommel/Esporte Goiano
Anúncios

Em busca da classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana, o Goiás recebe, nesta terça (25), o Sol de América, do Paraguai. No Olímpico, a partir das 21h30, o esmeraldino precisa reverter a desvantagem obtida no jogo de ida, quando foi derrotado pelo placar de 1×0. Para avançar, a equipe precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. Caso avance, o Goiás ainda não saberá seu adversário. O sorteio para as partidas da segunda fase será realizado no dia 13 de maio.

No último teste antes da partida contra o Sol de América, o Goiás se saiu bem. No sábado (22), atuando no Olímpico, a equipe goleou a Anapolina pelo placar de 4×1. Do lado adversário, o Sol de América foi derrotado na última rodada do Campeonato Paraguaio. Na sexta-feira (21), a equipe foi derrotada pelo Libertad, líder da competição pelo placar de 2×1.

Mais do Goiás
Harlei avalia novo projeto de futebol feminino do Goiás
Relembre como foi o primeiro confronto contra o Sol de América
Confira a lista de relacionados para o duelo
Ingressos para o confronto já estão a venda

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para a partida, o técnico Ney Franco tem dois desfalques certos: Fábio Sanches, expulso na partida de ida e Sandro, que sentiu um desconforto muscular contra a Anapolina e nem foi relacionado para o confronto contra o Sol de América. No lugar do zagueiro, Heron será o substituto. No meio de campo, Breno e Miguel Figueira, disputam a vaga.

Do outro lado, o Sol de América não tem nenhum desfalque. O treinador Luis Islas poderá repetir a escalação que venceu o Goiás pelo placar de 1×0 na partida de ida.

Ficha técnica:
Goiás x Sol de América
1º fase da Copa Sul-Americana 2020
Data: 25 de fevereiro de 2020
Horário: 21h30
Local: Estádio Olímpico, em Goiânia
Ingressos: R$100 reais (cadeira)
Árbitro: Andrés Cunha (Fifa/URU)
Assistentes: Nicolás Tarán (Fifa/URU) e Horacio Ferreiro (Fifa/URU)
Goiás: Tadeu; Pintado, Heron, Luiz Gustavo e Jefferson; Miguel Figueira (Breno), Léo Sena e Daniel Bessa; Keko Villalva, Victor Andrade e Rafael Moura
Técnico: Ney Franco
Sol de América: Victor Centurion; Canale, Milcidades Portillo, Villalba e Cobos; Vera, Edgar Ferreira, Diego Valdez e Novick; Pardo e Nildo Viera
Técnico: Luis Islas

Comentários

comentários

PUBLICIDADE