5.6 C
New York
quinta-feira, abril 15, 2021
Início Destaque Na elite da LBFF, Nitroxx quer representar muito bem o cenário goiano...

Na elite da LBFF, Nitroxx quer representar muito bem o cenário goiano dos eSports

Em sua segunda temporada na Liga Brasileira de Free Fire (LBFF), a Nitroxx eSports mostrou sua força e realizou o sonho de todo o squad que disputam o principal campeonato da Garena no Brasil.

 

Na temporada de 2020, a Nitroxx foi uma das 1.536 equipes que disputou a Série C da LBFF após ter sido selecionada, em meio a mais de 15 mil equipes inscritas, pela Garena com base em um ranking que leva em consideração o nível de habilidade dos quatro jogadores que fazem parte do squad.

Mais dos eSports:
Campanha no CBLoL se encerrou com revés
Rensga vai aos playoffs no CBLoL Academy

Após uma boa campanha, o squad goiano se garantiu entre os 34 times que formaram a inédita Série B. Foram precisos dois splits – no Free Fire o split corresponde a um campeonato – na Série B, para a Nitroxx conquistar o tão sonhado acesso à elite do cenário do Battle Royale.

“Essa conquista nos coloca entre os 18 melhores times de Free Fire do Brasil, junto com grandes organizações, isso pra gente é muito gratificante. Sinal de que o nosso esforço foi válido. Estamos bem ansiosos e nos preparando cada vez mais. Jogamos contra grandes equipes nessa série B, mas sabemos que jogar contra organizações da série A tem um peso maior”, declarou o CEO da Nitroxx eSports, Danilo Bittencourt em entrevista exclusiva ao EG.

No cenário local dos eSports, foi criado, em agosto de 2020, o Campeonato Goiano de Free Fire com o intuito de mobilizar os jogadores e equipes do mobile da Garena. Inclusive, a Nitroxx é a atual vice-campeão do Estadual e de acordo com o CEO, a conquista da vaga na Série A da LBFF será um estímulo para jogadores, organizadores e influenciadores. 

A nível nacional temos apenas duas equipes goianas envolvidas em competições renomadas: a Rensga no CBLoL e a Nitroxx na LBFF. Na avaliação de Danilo Bittencourt,  o cenário dos eSports em Goiás está muito bem representado.

“No geral o cenário de e-atletas goianos sempre foi muito bom, existem grandes jogadores, faltava mesmo era alguém olhando por eles. Então Goiás está sendo bem representado com a Rensga e a Nitroxx, tenho certeza de que vamos conquistar muitos títulos para o nosso estado”, concluiu.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Ildeu Iussef
Jornalista em formação (UFG). Produtor dos Programas Esportivos da Rádio Universitária UFG 870 AM. Amante do Esporte!
Anúncio

Últimas

De olho em uma vaga na terceira fase da Copa do Brasil, Atlético-GO encara Joinville

Atlético-GO e Joinville duelam nesta quinta-feira (15), às 21h30, na Arena Joinville, em partida válida pela 2ª fase da Copa do Brasil....

Em jogo atrasado, Goiás e Aparecidense empatam na Serrinha

Goiás e Aparecidense se enfrentaram no fechamento da sétima rodada do Goianão. No duelo atrasado, na noite desta quarta-feira (14), na Serrinha,...

Veja como foi: Goiás 1 x 1 Aparecidense – 7ª rodada do Goianão 2021

Nesta quarta-feira (14), Goiás e Aparecidense medem forças na Serrinha, às 21h30, no encerramento da 7ª rodada do Campeonato Goiano. O Esmeraldino...

Desesperada, Jataiense recebe Anápolis, que mira classificação

Os objetivos de Jataiense e Anápolis são bem distintos no duelo desta quinta-feira (15). Ainda sem vencer, a Raposa joga em casa,...

Elias cita cansaço e espera Iporá ‘inteiro' em decisão contra o Jaraguá

O Iporá batalhou e segurou o empate com o Vila Nova nesta quarta-feira (14). Para Elias, o resultado foi justo e positivo...
Anúncio