Com dois gols em um minuto, Atlético empata com Brasil em fim de jogo emocionante

135
Reprodução: Premiere FC.
Anúncio

O Atlético foi valente e buscou um empate no final de partida, na noite desta quinta-feira (21), diante do Brasil de Pelotas. O Dragão empatou por 2 a 2, sendo que seus gols saíram aos 46 e 47 minutos do 2º tempo. Os gols da partida foram marcados por Murilo Rangel e Juba, do Xavante, enquanto Pedro Raul e Moraes deixaram tudo igual para os rubro-negros no finzinho de duelo.

Agora, o Dragão torce contra o Coritiba e América/MG no restante da rodada. Caso ambos vençam no restante da rodada, o Atlético vai para a última rodada da Série B fora do G-4 – zona de acesso para a Série A. Na 38ª rodada, o rubro-negro recebe o Sport no próximo sábado (30), às 16h30, no Estádio Antônio Accioly. O Leão já confirmou seu acesso à primeira divisão.

Mais do Dragão
-> Veja como foi o jogo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Primeiro tempo

Na primeira metade de jogo, o Atlético foi amplamente dominante. Porém, o Brasil foi para o intervalo vencendo por 1 a 0. Logos aos 3 minutos, Eduardo Person arriscou da intermediária e o goleiro Kozlinski espalmou para o meio da área. Murilo Rangel aproveitou e só empurrou para as redes. O detalhe é que o meia estava nitidamente em posição de impedimento, mas o tento foi erroneamente validado.

Depois disso, só deu Dragão. Logo aos 10, o zagueiro Héverton colocou a mão na dentro da área após chute de Pedro Bambu. Mike completou para as redes no rebote, mas, em polêmica, o árbitro Bráulio Machado anotou o pênalti. Nicolas foi para a cobrança, bateu forte no canto esquerdo, e o goleiro Carlos Eduardo fez a defesa.

O rubro-negro goiano ainda teve outras excelentes oportunidades. Aylon arrancou pela esquerda em uma delas e deu passe preciso para o meio da área. Lá, achou Pedro Raul, que finalizou com classe, deslocando o arqueiro adversário. A redonda passou tirando tinta da trave de Carlos.

Pouco depois, foi a vez do centroavante atleticano ser o garçom. Pedro Raul deixou Jorginho na cara do gol, e o meia finalizou de canhota, em cima do goleiro xavante. No último lance da primeira etapa, ainda deu tempo de Pedro Bambu parar em Carlos Eduardo após ajeitada de Pedro Raul para o meio. O Atlético foi valente, superior no 1º tempo, porém, saiu perdendo.

Segundo tempo de Brasil x Atlético

Porém, na segunda metade, o Dragão estava fazendo valer a sua derrota. O Atlético não conseguiu reagir mais, como conseguiu no 1º tempo, mas não conseguiu converter em gols. As principais chegadas foram sem tanto perigo assim para o rubro-negro no início. Sempre com bolas alçadas na área ou chutes despretensiosos e defesas extraordinárias de Carlos Eduardo.

Diante disso, o Brasil aproveitou o nervosismo dos goianos e passou a apostar num estilo mais defensivo, de contra-ataque. E foi desta forma que o Xavante chegou a seu segundo gol. Aos 27 do segundo tempo, Ednei cruzou da direita e Juba completou para o fundo das redes na saída de Maurício Kozlinski.

Depois, o rubro-negro até teve mais forças para reagir. Ou talvez tenha sido no desespero. Em uma das vezes, Pedro Raul arriscou de fora da área e Carlos Eduardo salvou o Xavante em mais uma oportunidade. Pouco tempo depois, após bate e rebate, a bola desviou em Leandro Leite e por pouco não morreu no gol gaúcho. No último instante, o goleirão Carlos, mais uma vez em grande noite, evitou ser vazado em mais uma investida rubro-negra.

O primeiro gol, incrivelmente, saiu aos 46 minutos do 2º tempo. Mike cruzou da direita e Pedro Raul completou para as redes de cabeça. No lance seguinte, aos 47, foi a vez de Matheus cruzar e Moraes finalizar, com o pé esquerdo, para o fundo das redes do Brasil. Um empate heroico que pode deixar o Dragão mais perto do acesso.

Ficha técnica
Brasil de Pelotas 2×2 Atlético – 37ª rodada da Série B 2019
Data: 21 de novembro de 2019
Horário: 21h30
Local: Estádio Bento Freitas; Pelotas (RS)
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (FIFA/SC)
Auxiliares: Hélton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
Cartões amarelos: Héverton, Carlos Eduardo, Guilherme Queiroz, Leandro Leite, Bolíviar (técnico), Eduardo Person e Maicon Assis (B); Gustavo (A)
Cartão vermelho:
Eduardo Souza (auxiliar técnico) (A)
Gols: Murilo Rangel (3′ do 1º tempo) e Juba (27′ do 2º tempo) (B); Pedro Raúl (46′ do 2º tempo) e Moraes (47′ do 2º tempo) (A)
Brasil de Pelotas: Carlos Eduardo; Ednei, Bruno Aguiar, Héverton (Nirley) e Willian Formiga; Leandro Leite, Eduardo Person e Murilo Rangel (Carlos Jatobá); Ari Moura, Guilherme Queiroz e Juba (Maicon Assis)
Técnico: Bolívar
Atlético: Kozlinski; Jonathan, Oliveira, Gilvan e Nicolas (Moraes); Nathan, Pedro Bambu (Matheus) e Jorginho; Aylon (Rodrigo Rodrigues), Pedro Raul e Mike
Técnico: Eduardo Barroca
anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here