5.6 C
New York
quinta-feira, setembro 16, 2021
Início Quadra Handebol "Diferenciado e dedicado": quem é Leonardo Dutra, goiano convocado para as Olimpíadas

“Diferenciado e dedicado”: quem é Leonardo Dutra, goiano convocado para as Olimpíadas

Na última segunda-feira (12), a Seleção Brasileira de Handebol Masculino teve a sua convocação anunciada para as Olimpíadas de Tóquio. Entre os jogadores chamados, está o goiano Leonardo Dutra. Natural de Anápolis, ele começou a sua trajetória esportiva na cidade. O Esporte Goiano foi atrás de mais informações.

Mais dos Jogos Olímpicos
Saiba detalhes sobre a convocação do Handebol Masculino
14 atletas goianos vão participar das Paralimpíadas de Tóquio

Leonardo Dutra Ferreira nasceu em Anápolis e iniciou sua incursão no handebol quando criança. Uma das importantes figuras durante seu desenvolvimento foi a professora Sônia Duarte Alecrim, que falou sobre os primeiros passos de seu ex-aluno.

- Anúncio -

“O Léo começou sua trajetória no handebol do Colégio Estadual José Ludovico aos oito anos de idade. Posteriormente, passou a treinar no Handesfa, o Handebol Desportivo de Anápolis. Seu grande professor foi Davi José Alecrim (capa da matéria, no lado direito) e, depois de sua aposentadoria, continuei seu trabalho”, contou.

Leonardo Dutra 2
Foto: Arquivo pessoal

Ascensão rápida

Depois de atuar pelo Handesfa, o lateral esquerdo foi para o Clube Português, de Recife, e então partiu para o Pinheiros, de São Paulo. Em seguida, Leonardo iniciou sua carreira internacional na Polônia e na Espanha, por onde joga atualmente. Aos 25 anos, ele já soma 17 gols em dez partidas pela Seleção Brasileira, e agora estará nos Jogos Olímpicos.

“Léo sempre foi um atleta diferenciado é muito dedicado. Sempre dissemos que ele tinha talento e seria questão de tempo e oportunidade para chegar à Seleção. Não foi fácil, como em todos os esportes em Anápolis a falta de apoio é grande”, comentou Sônia.

Importância da convocação

A representação de Leonardo na Seleção é motivo de orgulho também para Junio Augusto de Souza, presidente da Federação Goiana de Handebol. “É espetacular ter um atleta goiano, que nasceu aqui, foi criado desde as categorias de base dentro do estado. Isso mostra o potencial das nossas equipes, dos professores, dentro do handebol goiano. […] Serve como motivação para nossos atletas”, destacou o dirigente.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio começam oficialmente no dia 23 de julho. O Brasil estreia no handebol masculino diante da Noruega, no dia 24, a partir das 21h.

“Torço muito por ele, que, além de um atleta magnífico, é um grande amigo. Espero que seja uma Olimpíada especial e que represente nosso País e nossa cidade com brilhantismo”, concluiu Sônia.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Luiz Felipe Mendes
Jornalista formado pela PUC Goiás. Amante de todos os esportes, especialmente futebol e futebol americano.
Anúncio

Últimas

Apesar da má fase do São Paulo, André Luis prega “cuidado” ao adversário

O atacante do Atlético Goianiense, André Luis, afirmou que o Dragão tem que ter "cuidado" na partida contra o São Paulo, neste...

Higo se mostra confiante e fala em “controle emocional”, para duelo contra o Coritiba

O técnico do Vila Nova, Higo Magalhães, destacou que o Tigrão precisa ter o "controle emocional" dentro de campo para a partida...

“Eu quero o título da Série B”, afirma presidente do Goiás; contratações foram encerradas

O presidente do Goiás, Paulo Rogério Pinheiro, afirmou que o clube irá atrás do título da Série B. Segundo o dirigente esmeraldino...

Prefeitura de Goiânia lança “Esporte nos Bairros”, projeto com mais de mil inscritos

Na manhã desta quinta-feira (16), a Prefeitura de Goiânia lançou o projeto Esporte nos Bairros, voltado para o apoio do esporte gratuito...

Em cinco modalidades, goianos embarcam para disputar Paralimpíadas Universitárias

Na última quarta-feira (15), a delegação goiana embarcou para a disputa das Paralimpíadas Universitárias de 2021. Com 17 atletas em cinco modalidades...
Anúncio