5.6 C
New York
domingo, fevereiro 25, 2024
InícioFutebolAtléticoDesde 2006, média para acesso na Série B é de 62,7 pontos;...

Desde 2006, média para acesso na Série B é de 62,7 pontos; veja contas de Vila Nova e Atlético-GO

No formato de pontos corridos do Brasileirão Série B, que começou em 2006, o campeonato já teve um total de 17 edições até hoje. Pegando a pontuação do 4º colocado de cada torneio e realizando a divisão, a pontuação média para conquistar o acesso é de 62,7 pontos. Em 2023, Vila Nova e Atlético-GO fazem as contas pelo objetivo.

Mais do futebol goiano
Dênis Júnior pensa em pontuação, mas avisa: “não adianta se não fizermos o resultado”
Luiz Fernando revela conversa com Jair Ventura e destaca alívio em voltar a marcar

Até o momento, a edição em que o quarto colocado mais precisou pontuar para subir foi em 2012, quando o Vitória conquistou o acesso com 71 pontos, sendo que o quinto colocado, São Caetano, também teve a mesma pontuação, mas com menos triunfos. Em 2007, o próprio Vitória, coincidentemente, subiu com 59 pontos, o menor número de todos.

- Anúncio -

Na Série B de 2023, o Vila Nova está com 42 pontos, enquanto o Atlético-GO figura com 38 unidades. Faltam 13 rodadas para o desfecho do campeonato. Portanto, são 39 pontos em disputa.

Se o Tigre vencer todos os jogos daqui para frente, chega a 81 pontos. No caso do Dragão, o time pode chegar no máximo aos 77. Em ambas as situações, a quantidade seria mais do que o suficiente para subir.

No entanto, tendo uma perspectiva mais realista, o ideal é que as equipes goianas façam pelo menos o dever de casa. O Vila Nova tem mais sete jogos no OBA pela frente; se vencer todos, chega a 62 pontos, posicionando-se em um bom cenário de acordo com a média histórica de 62,7 pontos.

Já o Atlético-GO tem mais seis jogos no Antônio Accioly pela frente; se vencer todos, chega a 56 pontos. Por isso, é necessário que o Dragão faça alguns resultados também como visitante para conseguir aumentar as probabilidades de subir.

Confira as pontuações dos 4º colocados de cada edição da Série B nos pontos corridos:

  • 2022: 62 pontos (Vasco)
  • 2021: 64 pontos (Avaí)
  • 2020: 61 pontos (Cuiabá)
  • 2019: 62 pontos (Atlético-GO)
  • 2018: 60 pontos (Goiás)*
  • 2017: 64 pontos (Paraná)
  • 2016: 63 pontos (Bahia)
  • 2015: 65 pontos (América-MG)
  • 2014: 62 pontos (Avaí)
  • 2013: 60 pontos (Figueirense)
  • 2012: 71 pontos (Vitória)**
  • 2011: 61 pontos (Portuguesa)
  • 2010: 63 pontos (América-MG)
  • 2009: 65 pontos (Atlético-GO)
  • 2008: 63 pontos (Grêmio Barueri)
  • 2007: 59 pontos (Vitória)
  • 2006: 61 pontos (América-RN)***
* A Ponte Preta terminou em 5º em 2018 e também fez 60 pontos, mas com 16 vitórias, enquanto o Goiás somou 18
** O São Caetano terminou em 5º em 2012 e também fez 71 pontos, mas com 20 vitórias, enquanto o Vitória somou 21
*** O Paulista terminou em 5º em 2006 e também fez 61 pontos, mas com 17 vitórias, enquanto o América-RN somou 19
Acompanhe o EG também nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Youtube.
Luiz Felipe Mendes
Jornalista formado pela PUC Goiás. Amante de todos os esportes, especialmente futebol e futebol americano.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P