5.6 C
New York
segunda-feira, maio 23, 2022
Início Futebol Atlético Dellatorre e Ronaldo chegam ao Atlético-GO com status diferentes, mas animados

Dellatorre e Ronaldo chegam ao Atlético-GO com status diferentes, mas animados

Mais dois dos reforços atleticanos para 2022 foram apresentados nesta sexta-feira (14). O atacante Dellatorre e o goleiro Ronaldo chegam ao clube com status diferentes, mas discursos iguais no desejo de uma grande temporada e na gratidão.


O atacante anotou 24 gols no ano passado, o que rendeu a ele o posto de sexto maior artilheiro do Brasil em 2021. Com 29 anos e passagens por grandes clubes, ele chega com status de titular e pressão por gols.

“Estou tranquilo em relação a isso. Vou buscar sempre o meu melhor, trabalhar ao máximo para ajudar o Atlético-GO. Vou me doar dentro de campo, e as oportunidades vão surgir. Tem jogo que vai ser difícil, os gols não vão sair, mas isso é normal. É fase. Mas sempre vou buscar honrar a camisa do Atlético-GO e estar concentrado para fazer os gols”, avaliou.

- Anúncio -

Mais do Dragão
Marcelo Cabo monta time titular pela primeira vez
Na Copinha

Ronaldo, por sua vez, vem para acirrar a briga entre os goleiros rubro-negros. Ele não é o favorito para começar com 1 e disputa com nomes mais experientes, como Luan Polli e Renan. O primeiro, inclusive, treinou como titular no primeiro coletivo com posicionamento da pré-temporada.

Aos 25 anos, ele deixou o Vitória, até então único clube em sua carreira, para construir uma nova história. Briga pela vaga debaixo das traves é o primeiro passo para se firmar.

“Venho para brigar, com certeza. Só o Atlético-GO tem a ganhar, tem grandes goleiros no elenco, vou buscar meu espaço da melhor forma possível e deixar o treinador escolher a melhor opção. A competitividade está muito legal. Todo mundo está buscando seu espaço da melhor maneira possível, sendo leal nos treinamentos”, afirmou.

O arqueiro lembrou que busca um novo desafio e inicia um ciclo com a chegada ao Accioly. Ele também citou o crescimento do Dragão no cenário nacional e internacional.

“O Atlético-GO é meu segundo clube na carreira. Tudo são ciclos e meu ciclo no Vitória chegou ao final por vários motivos, particulares também. Aceitar o convite do Atlético-GO é importante, é um dos grandes clubes do futebol brasileiro, vai disputar uma competição internacional, então não tinha como negar esse convite”, frisou.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Rafael Tomazeti
Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás. Fã de esportes e apaixonado pelo estado de Goiás. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Jornal Diário do Estado, Diário de Goiás e Rádio BandNews.
Anúncio

Últimas

Aparecidense marca no fim, vence Floresta e encerra jejum

A Aparecidense deu fim à série de cinco partidas sem vencer na Série C. Neste domingo (22), pela sétima rodada, o Camaleão...

Fora de casa, Anápolis vence o Ação/MT e chega a quatro vitórias seguidas

O Aápolis venceu o Ação/MT, neste domingo (22), pela sétima rodada da Série D, em partida realizada no estádio Dito Souza, no...

Veja como foi: Aparecidense 3 x 2 Floresta – 7ª rodada da Série C

A Aparecidense tenta encerrar neste domingo (22) um jejum de cinco partidas sem vitória na Série C. O adversário é o Floresta,...

Vila Nova massacra o Barranca e conquista a Copa Goiás de Futsal Feminino sub-20

O Vila Nova é o campeão da Copa Goiás de Futsal Feminino sub-20. O Tigre aplicou uma sonora goleada de 23 x...

Aparecidense busca reabilitação na Série C e recebe o Floresta em casa

A Aparecidense encara o Floresta, neste domingo (22), às 18h, no Estádio Annibal Batista de Toledo, pela 7ª rodada do campeonato brasileiro...
Anúncio