Corajoso, Vila bate o Internacional no Serra Dourada

Anúncios
Foto: Vitor Monteiro / Esporte Goiano

O Vila Nova se reabilitou no Campeonato Brasileiro da Série B em grande estilo. O time colorado superou nada mais nada menos que o poderoso Internacional, por 2 a 1, na tarde deste sábado, 22, no Estádio Serra Dourada. O jogo foi realizado sem a presença do público. A equipe goiana cumpre punição por briga de seus torcedores no clássico com o Goiás.

Com a vitória, o time goiano voltou ao G-4 da Série B, ocupando a quarta colocação, com 26 pontos conquistados. O time gaúcho caiu para sexto, com 24.

Veja como foi o tempo real da vitória do Tigrão

Na próxima rodada, o Vila Nova enfrenta o Figueirense, no sábado, 29, em Florianópolis. O Internacional recebe o Oeste na terça-feira, 25, em Porto Alegre.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O jogo

O Internacional começou o jogo em cima do Vila Nova, marcando a saída de bola, e jogando no campo de defesa goiano. Mas a equipe gaúcha não conseguia chegar com perigo ao gol de Luís Carlos.

O Vila Nova foi se soltando no transcorrer do tempo, e terminou a primeira etapa dominando o Internacional. O pecado foi o último passe. Pelo menos em três oportunidades, o garçom do time goiano errou no momento de deixar o companheiro na cara do gol.

Aos 33 minutos, Victor Cuesta segurou Moisés, que avançava para chegar na cara do goleiro. O árbitro Vinícius Furlan deu o cartão amarelo apenas, para protesto dos jogadores vilanovenses.

Segundo tempo

As emoções do jogo ficaram reservadas para a etapa complementar. Melhor para o time vilanovense, que saiu vitorioso do Estádio Serra Dourada.

Aos 13 minutos, Gastón recebeu pela esquerda e deu belo passe para Alípio. Ele invadiu a área e tocou na saída do goleiro Danilo Fernandes para abrir o placar.

O Vila Nova pelo menos dois bons contra-ataques para fazer o segundo gol, mas acabou desperdiçando a jogada no momento do último passe. Na sequência acabou sendo castigado.

Uendel foi lançado na ponta esquerda aos 24 minutos. Ele tentou cruzar a bola, que bateu no braço do Mateus Anderson, que estava dentro da área. Na cobrança, William Pottker bateu no canto direito. Luís Carlos tocou na bola, mas não evitou o gol.

Confira mais informações do Vila Nova

Nos minutos finais, o jogo ficou lá e cá. Mas sem grandes oportunidades reais. Quando parecia que o partida ficaram no empate, o Vila Nova arrancou a vitória.

Aos 46 minutos, Tiago Adan foi lançado em profundidade na grande área. Ele não foi fominha, e rolou para Mateus Anderson. Livre, dentro da grande área, só rolou para o fundo da rede do goleiro Danilo Fernandes.

Antes do jogo acabar, o volante Geovane do Vila Nova foi expulso de campo. Mas não deu tempo para mais nada, e o tigrão segurou a vitória.

FICHA TÉCNICA:
Vila Nova 2×1 Internacional
Data: 22/07/2017
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia
Arbitragem: Vinícius Furlan (SP); Vitor Carmona (SP) e Bruno Rizo (SP)
Gols: Alípio (13/2); William Pottker (25/2); Mateus Anderson (46/2T)

VILA NOVA: Luís Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gastón; PH (Claudinei), Geovane, Alan Mineiro e Alípio (Mateus Muller); Mateus Anderson e Moisés (Tiago Adan).
Técnico: Hemerson Maria.

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Danilo Silva, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Fabinho, D’Alessandro (Eduardo Sasha) e Felipe Gutiérrez (Juan); Diego (Nico López) e William Pottker.
Técnico: Guto Ferreira.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE